O rescaldo das intercalares em Lisboa

Um novo Dossier com os resultados eleitorais das intercalares em Lisboa está disponível no nosso site. A sondagem da Marktest foi das que esteve mais perto dos resultados reais, tendo sido a única que captou inteiramente o sentido de voto dos lisboetas, ao confirmar as posições relativas de todos os candidatos elegíveis.

Grupo Marktest,  17 julho 2007

Entre 12 e 13 de Julho foram publicadas pela imprensa resultados de cinco sondagens sobre as eleições intercalares para a Câmara Municipal de Lisboa. Estas sondagens foram realizadas pela Aximage, Eurosondagem, Intercampus, Marktest e Universidade Católica.

Comum a todas, era a indicação de que António Costa ganharia estas eleições, mas sem maioria absoluta. De resto, muitas diferenças separavam estas sondagens, a começar nas metodologias adoptadas e no número de entrevistas realizadas.

Comparando as intenções de voto avançadas por estas sondagens, na última semana antes das eleições, com os resultados eleitorais divulgados pelo STAPE, vemos que foi a sondagem da Aximage aquela que apresentou um desvio médio absoluto menos significativo relativamente aos sete candidatos elegíveis. Apesar disso, a sondagem colocava Ruben de Carvalho à frente de Helena Roseta, o que não veio a suceder.

Pelo contrário, a sondagem da Intercampus foi a que apresentou um desvio médio absoluto maior, colocando também Ruben de Carvalho à frente de Helena Roseta. Estes desvios foram sobretudo influenciados pela estimativa de voto em António Costa (mais 7.6 pontos percentuais do que o resultado efectivo) e em Helena Roseta (menos 5.7 pontos percentuais do que o resultado apurado).

A sondagem da Marktest foi, pelo seu lado, a única que captou inteiramente o sentido de voto dos lisboetas, ao confirmar as posições relativas de todos os candidatos elegíveis. Os maiores desvios desta sondagem face aos resultados apurados foram observados junto de Fernando Negrão (PSD), cuja estimativa de voto esteve 3.44 pontos percentuais abaixo do resultado real e de Ruben de Carvalho (CDU), com uma estimativa de menos 2.53 pontos do que o resultado obtido. Estes resultados foram obtidos com a amostra de menor dimensão (610 entrevistas).

Os resultados das sondagens e do escrutínio realizado a 15 de Julho estão disponíveis aqui. Contacte-nos se pretende mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais

  • Portugal Smart Cities Summit

    Esta exposição tecnológica (que tem o apoio institucional do Ministério da Economia, do Ministério do Ambiente e do Ministério da Ciência e Tecnologia, bem como do Secretário de Estado da Energia), conta com a participação de Municípios, Startups, PMEs e Universidades.

    22 a 24 de setembro de 2020

    Fundação AIP

    FIL, Parque das Nações, Lisboa

    elisabete.martins@ccl.fil.pt

  • ONSeries Lisboa

    Nesta mostra de conteúdos televisivos de ficção nacional, estarão presentes potenciais compradores de todo o mundo.

    28 e 29 de setembro de 2020

    Inside Content

    Centro Cultural de Belém, Lisboa