MediaMonitor TV Tops
Tops de audiências e protagonistas da semana de 31 de Dezembro de 2007 a 6 de Janeiro de 2008.
MediaMonitor, 15 janeiro 2008

placeholder Na primeira semana do ano, a novela Fascínios continua a liderar o Top 10 programas, com 15.5% de audiência média e 42.1% de share. O Telejornal da RTP1 ocupa a segunda posição, seguido do Boavista X Sporting, a contar para a Bwin Liga. Na sétima posição ficou 2007 - Um Retrato Social, da RTP1, que esta semana contou com 2 programas no Top. Os programas de humor Os Super Malucos do Riso e Os Mini Malucos do Riso na oitava e nona posição, respectivamente, foram os representantes da SIC no Top 10 programas.

placeholder

Na primeira semana, destaque para as festas de passagem de ano em Portugal e no mundo. No BCP, Miguel Cadilhe e Santos Ferreira disputam liderança do banco que vai a eleições no 15 de Janeiro. Como o novo ano entra também em vigor a nova lei do tabaco.

Luis Filipe Menezes, líder do PSD continua a liderar o top 10 Protagonistas. O destaque da sua intervenção vai para a continuação da polémica acerca da escolha da nova liderança do BCP e a intervenção ou não do governo no processo, assim como a actuação do Banco de Portugal na fiscalização do sector financeiro. Outro destaque é a saúde, com o encerramento de mais urgências.

Na segunda posição surge Jerónimo de Sousa, líder do PCP, devido à critica das politicas económicas do governo e à sua alegada incapacidade de combater a pobreza e exclusão social, em especial nos pensionistas e idosos.

Na 3ª posição do Top ficou o Ministro da Presidência, Pedro Silva Pereira. O destaque da sua intervenção vai para as explicações sobre os vários assuntos da governação, desde a saúde (com o polémico encerramento de algumas urgências), a outros assuntos da actualidade como a crise no BCP e o cancelamento do Lisboa-Dakar por razões de segurança.

placeholder

Outras notícias em destaque:
Na habitual mensagem de Ano Novo do Presidente da Republica, Cavaco Silva questionou os elevados rendimentos de alguns gestores de empresas, considerando que estes são desproporcionados em relação a outros trabalhadores. Falou também do desemprego e pediu mais clareza para as políticas de saúde.
A Igreja Católica Portuguesa colocou o ambiente como principal preocupação para a mensagem de ano novo de D. José Policarpo.
Teixeira dos Santos, Ministro das Finanças, afastou qualquer perspectiva de redução de impostos apesar de em 2007 se ter atingido o objectivo do défice, que será inferior aos 3 por cento do PIB. António Costa, Presidente da CM Lisboa exonerou 6 chefias do pelouro do urbanismo da Câmara de Lisboa, são os primeiros resultados da sindicância ao funcionamento da Câmara.
Com a chegada de 2008 as pessoas com excesso de peso contam com mais uma ajuda suplementar, a Linha de Saúde 24.
As falências aumentaram em 2007 com mais de 4 mil empresas a enfrentaram processo de falência, segundo a Confederação da Industria Portuguesa, CIP.
O alargamento do livro de reclamações a todos os fornecedores de bens ou prestadores de serviços, de carácter fixo, entrou em vigor, adicionando novas áreas até aqui não abrangidas, como os notários privados.
A partir de Julho, todos os cães vão ser obrigados a ter um "microchip", que permite identificar os animais e os donos.
Trinta e cinco anos depois de ter fundado o semanário, Francisco Pinto Balsemão voltou a exercer o cargo de director do Expresso.
As três operadoras de telecomunicações móveis portuguesas processaram um total de 2,4 mil milhões de mensagens escritas durante o Natal e o Fim do Ano, cerca de 1,5 mil milhões a mais que em 2006.
Chegou ao cinema "Cristóvão Colombo - O Enigma" a mais recente obra de Manoel de Oliveira.
No desporto, o cancelamento do Lisboa-Dakar é o destaque, razões de segurança justificam a decisão dos organizadores.
Na liga de futebol jogou-se a 15ª jornada, depois de um interregno que permitiu alguns ajustes nos vários plantéis.

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais
Em Agenda ver mais