Portugueses dizem consumir menos açúcar
Portugueses dizem consumir menos açúcar
placeholder
O estudo TGI da Marktest revela que tem baixado o número de portugueses que refere ter consumido açúcar e/ou adoçante nos últimos 12 meses.
Grupo Marktest
1 junho 2021

placeholder O estudo TGI da Marktest quantifica, na vaga global de 2020, em 5 milhões e 798 mil o número de portugueses que consumiram açúcar e/ou adoçante nos últimos 12 meses, o que representa 67.7% dos residentes no Continente com 15 e mais anos.

Este é o valor mais baixo desde que acompanhamos o indicador, mostrando uma quebra de 21% face ao declarado em 2014.

placeholder

Entre quem declara ter consumido açúcar e/ou adoçante nos últimos 12 meses, destacam os mais jovens: 76.1% destes diz tê-lo feito.

Já entre quem refere não ter tido este consumo no período em referência, destacam os residentes na Grande Lisboa, com 42.6% a indicar não ter consumido este produto nos últimos 12 meses.

Os dados e análises apresentadas fazem parte do estudo TGI, propriedade intelectual da Kantar Media, e do qual a Marktest detém a licença de exploração em Portugal, é um estudo único que num mesmo momento recolhe informação para 17 grandes sectores de mercado, 280 categorias de produtos e serviços e mais de 3000 marcas proporcionando assim um conhecimento aprofundado sobre os portugueses e face aos seus consumos, marcas, hobbies, Lifestyle e consumo de meios.

Presente em mais de 60 países nos 5 Continentes, o TGI poderá ainda caracterizar mercados internacionais com vista ao conhecimento dos consumidores além fronteiras.

Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais
  • QSP Summit

    O QSP SUMMIT afirma-se como a mais relevante Conferência de Management e Marketing da Europa.

    28 a 30 de junho de 2022

    QSP - Consultoria de Marketing

    Feira Internacional do Porto, Matosinhos

    info@qspsummit.pt

  • Data Science Analytics Course

    Curso online, dirigido a todos os profissionais e empresas de estudos de mercado, que queiram entender melhor o campo florescente da Data Science.

    30 de junho de 2022

    APODEMO em colaboração com a MRS

    apodemo@apodemo.pt