Setúbal e Regiões Autónomas fiéis à cor partidária
Setúbal e Regiões Autónomas fiéis à cor partidária
placeholder
O distrito de Setúbal, tal como as Regiões Autónomas, são as zonas do país que nunca mudaram de cor política nas autárquicas.
Grupo Marktest
31 agosto 2021

placeholder De acordo com a análise 45 anos de Eleições Autárquicas em Portugal, que a Marktest está a lançar, apenas o distrito de Setúbal e as Regiões Autónomas deram sempre a maioria ao mesmo partido em todas as eleições autárquicas já realizadas em Portugal, mas com uma cor política diferente.

Note-se que a unidade desta análise é o distrito, tomando os valores resultantes da soma dos votos por partido no conjunto dos concelhos de cada distrito (ou Regiões Autónomas).

Entre 1976 e 2017 realizaram-se em Portugal 12 escrutínios autárquicos, tendo o PS sido o partido mais votado em todos eles, exceto em 1985, em que o PSD obteve mais votos.

Mas a análise por distrito mostra uma combinação de cores bastante diferente. Desde Aveiro, onde o PSD foi sempre vencedor exceto em 2013, quando o PS ganhou, até Portalegre, que votou sempre PS exceto em 1989, em que deu a vitória ao PSD. Desde Guarda, que já deu maiorias ao CDS, ao PS, ao PSD e ao conjunto "Outros" (coligações, outros partidos e listas de cidadãos), até Lisboa, onde a maioria já pertenceu ao PCP-PEV, PS, PSD e "Outros".

Mas há um distrito no Continente, assim como o conjunto das Regiões Autónomas, que sempre mantiveram as suas cores: Setúbal garantiu sempre a vitória do PCP-PEV e as Regiões Autónomas confiaram sempre a maioria ao PSD.

Esta publicação pode ser adquirida no nosso site. Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais
Em Agenda ver mais