Lisboa concentra oferta de Cinema
Lisboa concentra oferta de Cinema
placeholder
De acordo com os dados do Instituto do Cinema e Audiovisual, disponíveis no sistema de geomarketing Sales Index da Marktest e na sua aplicação web Municípios Online, em 2021 as salas de cinema portuguesas acolheram 5,5 milhões de espetadores, 19% dos quais no concelho de Lisboa.
Grupo Marktest
6 dezembro 2022

Os dados do Instituto do Cinema e Audiovisual disponíveis no sistema de geomarketing Sales Index e na sua aplicação web Municípios Online, mostram que, em 2021, existiam em Portugal 547 salas de cinema.

Estas salas, com capacidade para 105 239 lugares, receberam 5,5 milhões de espectadores, gerando uma receita bruta cerca de 31 milhões de euros.

O número de espetadores registado em 2021é o segundo mais baixo desde que analisamos este indicador. Encontramos um valor mais baixo, em 2020, facto a que a Pandemia de COVID-19 não foi alheia.

Os efeitos da Pandemia também se fizeram sentir, ainda que de forma menos acentuada, no número de salas de cinema, que em 2021 regressou aos valores de 2015.

Analisando a localização das salas de cinema, observa-se que a oferta está concentrada sobretudo nas áreas de maior dimensão populacional – só o concelho de Lisboa agrega 12.1% do total de salas de cinema do país. É ainda de salientar que apenas 17 concelhos possuem 10 ou mais salas de cinema, havendo 61 concelhos com apenas 1 sala e 195 concelhos sem qualquer sala de cinema.

Em número de espetadores de cinema, a concentração geográfica é ainda mais evidente: o concelho de Lisboa, com mais de 1 milhão de espetadores, contribuiu para 19.1% do total do país. Lisboa foi o único concelho, em 2021, a registar mais de 1 milhão de espetadores. Matosinhos e Vila Nova de Gaia foram o segundo e terceiro concelho mais importante em termos de número de espetadores.

Em termos de faturação, o cinema obteve, em 2021, receitas que não chegaram a 31 milhões de euros, resultante do reduzido número de sessões de cinema efetuados nesse ano (que foram de apenas 330 473), consequência do período pandémico vivido. Da faturação registada, um quinto deste valor concentrou-se no concelho de Lisboa e metade do total em apenas 6 concelhos: Lisboa, Matosinhos, Vila Nova de Gaia, Almada, Cascais e Oeiras.

Os dados estão disponíveis na aplicação web Municípios Online e brevemente estarão disponíveis numa atualização do sistema de geomarketing Sales Index, da Marktest. Contacte-nos se pretender uma demonstração ou mais informações.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais