O alargamento na opinião pública
5 maio 2004

placeholder Inquiridos pela Marktest, os residentes na Grande Lisboa e no Grande Porto mostram-se agora mais optimistas em relação ao alargamento da UE do que em Novembro de 2002.

Em vésperas da concretização do alargamento da União Europeia a 25 países-membros, a Marktest realizou uma sondagem junto dos residentes nas regiões da Grande Lisboa e do Grande Porto, com o objectivo de conhecer as suas opiniões face a este assunto. Este tema havia já sido objecto de uma sondagem em Novembro de 2002 (veja artigo), o que permite a realização de algumas comparações.

A primeira constatação é, de facto, o maior optimismo aparente face a este assunto: aumenta o número dos que entendem que o alargamento vai reforçar o peso da União a nível internacional, diminui o número dos que temem que este assunto venha a ser prejudicial para Portugal e aumenta o número dos que se consideram bem informados sobre esta questão. Mesmo assim, persistem sinais de receio e incerteza.

placeholder

Para a grande maioria dos inquiridos nesta sondagem (73.8%), o alargamento da União Europeia a mais 10 países vai reforçar o seu peso a nível internacional. Na anterior sondagem, este número era de 60.1%. Há agora 8.7% de respostas negativas a esta questão, quando em anterior sondagem representavam 22.9%. Os que afirmam não saber ou os que não respondem são agora 17.5%, perto dos 17% da sondagem anterior.

A maioria dos inquiridos, 44.8%, acha que o alargamento vai ser prejudicial para Portugal, 19.8% entende o contrário, 17.5% considera que não vai haver alterações e 17.9% não sabe ou não responde à questão. Estes valores, apesar de denotarem algum receio face à integraçao dos novos países, são no entanto menos pessimistas do que os revelados em Novembro de 2002, quando 54.9% entendia que o alargamento seria prejudicial, 8.7% achava que iria beneficiar o país, 19% que não traria alterações e 17.4% não sabia ou não respondia.

placeholder

O nível de informação sobre o alargamento da União Europeia também parece ter aumentado entre estas duas sondagens, embora a maioria (51.2%) se considere mal informado sobre o assunto (antes, 54.9%); 35.3% referiu estar bem informado (34.8% da sondagem anterior) e 13.5% disse não saber (10.3% antes).

placeholder

A sondagem agora realizada pela Marktest decorreu nos dias 27 e 30 de Abril de 2004 e tem a seguinte Ficha Metodológica.

Para conhecer melhor os novos países que aderiram à União Europeia, veja o artigo que já publicámos sobre esse assunto.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais