Marktest lança Markteen


Carlos Teves
A Marktest prepara-se para lançar os primeiros resultados do seu novo estudo Markteen. Analisar os jovens entre os 10 e os 18 anos é o objectivo deste estudo, que vem assim colmatar uma lacuna no mercado ao caracterizar a fundo este importante grupo de consumo, sempre aberto à inovação e às novas tecnologias.

O Markteen foi apresentado à Marktest.com Notícias por Carlos Teves, o responsável pelo Departamento de Estudos na Área Financeira e Imagem da Marktest, na entrevista que publicamos hoje.






A Marktest está a desenvolver um novo estudo sobre as crianças e os jovens dos 10 aos 18 anos: o Markteen. Porquê este grupo etário?

Existe pouca informação disponível sobre os hábitos de consumo e estilos de vida dos jovens entre os 10 e os 18 anos, já que a maior parte dos estudos regulares que se fazem em Portugal estudam a população a partir dos 15 ou mesmo dos 18 anos. Cada vez mais os jovens consumidores, desde muito novos, têm um papel fundamental na escolha e consumo dos produtos, serviços e marcas, daí a necessidade de criar um estudo regular específico sobre este grupo.


O facto de a Marktest ter lançado este estudo resulta da constatação da cada vez maior importância dos jovens na nossa sociedade? São eles os consumidores mais exigentes e activos do nosso mercado?

Este target, devido ao volume de negócios que já representa, é um alvo preferencial da comunicação de algumas marcas. São preocupações das principais marcas direccionadas para este target, conhecer os hábitos de consumo, as motivações e as expectativas dos jovens, em suma, o seu estilo de vida, para melhor satisfazer as suas necessidades, quer as imediatas, quer as latentes, para os fidelizar.

Os jovens, são por natureza, mais abertos à inovação e aos produtos tecnologicamente avançados, sendo consumidores mais activos, sempre abertos à novidade. Por outro lado, preocupam-se, desde muito novos, com o valor das marcas, como forma de se afirmarem.


O MarkTeen responde a que necessidades de informação?

O MARKTEEN responde a necessidades em quatro áreas de informação: Notoriedade, Imagem, Consumo de Marcas e Estilo de Vida. Em relação a cada uma dessas áreas é fornecida informação sobre vários indicadores.


Qual a metodologia do estudo?

O MARKTEEN estuda o universo dos jovens com idade compreendida entre os 10 e os 18 anos, residentes em Portugal Continental.

A amostra do MARKTEEN é proporcional à população residente em Portugal Continental com idade compreendida entre os 10 e os 18 anos, sendo constituída por 1000 entrevistas.

Na recolha de informação é utilizado um questionário estruturado, constituído por perguntas fechadas e abertas, sendo efectuada através de uma entrevista pessoal e telefónica para o domicílio do entrevistado, utilizando-se o sistema CATI (Computer Assisted Telephone Interview).


Como são divulgados os resultados?

A informação é disponibilizada num relatório em Powerpoint ou pdf, composto por:

  • metodologia
  • análise gráfica e descritiva dos principais indicadores, segmentada pelas variáveis sócio-económicas mais significativas.
  • quadros de tabulação


Os quadros de tabulação são segmentados pelas variáveis sócio-económicas: Sexo, Idade, Região e Classe Social.

A informação também é segmentada por uma tipologia de indivíduos (grupos homogéneos de indivíduos) que foi definida através da utilização de uma análise estatística multivariada, tendo por base os hábitos de media e estilo de vida dos jovens (10-18 anos).


Quem são os potenciais utilizadores do MarkTeen?

O Markteen é um estudo para as empresas e organismos que possuem produtos ou serviços dirigidos para este target.


Das reuniões de apresentação que tem havido sobre este estudo, qual a receptividade que tem recolhido?

A receptividade ao Markteen tem sido muito positiva, uma vez que vem responder a uma necessidade de informação sobre este target, possibilitando conhecer melhor os hábitos de consumo e estilo de vida dos jovens portugueses.


Quando estarão disponíveis resultados?

Os resultados do Markteen estão disponíveis em meados de Junho de 2003 para as classes de:

  • Telemóveis
  • Fast food
  • Soft drinks (com gás, sem gás e ice tea)
  • Consolas e Revistas de Videojogos
  • Hábitos de Media
  • Estilos de Vida



Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais