A Distribuição da População Adolescente

Portugal Continental tem 1 milhão 192 mil e 269 de adolescentes residentes (10-19 anos) segundo os resultados definitivos do Censos 2001. Encontram-se sobretudo nos grandes centros urbanos de Lisboa e Porto e o Alentejo é, sem qualquer dúvida, a região do país com menor número de adolescentes residentes.

Cerca de 12% da população portuguesa é adolescente. Relativamente ao último momento censitário realizado em 1991, este grupo etário decresceu cerca de 22% e a sua concentração no litoral continua a ter grande expressividade.

Uma primeira análise ao nível das regiões Marktest indica-nos que o Interior Norte (23%) e o Litoral Norte (20%) concentram um maior número de adolescentes e o Sul, com 10%, é a região que conta com menos adolescentes. No entanto, numa análise ao nível concelhio, mais uma vez a macrocefalia da Grande Lisboa e do Grande Porto evidencia-se numa primeira observação. Com maior número de adolescentes destacam-se também alguns concelhos do distrito de Braga, tal como Guimarães, Braga e Barcelos.






Quando visualizamos os concelhos com menor número de adolescentes residentes, salientam-se os concelhos do Alentejo. Mas, genericamente pode-se referir que o interior do Continente “sofre” da falta de adolescentes, talvez reflexo da concentração da população residente total. Embora a região Marktest do Interior Norte concentre na totalidade um maior número de adolescentes, quando observamos esta variável por concelho verificamos que Viseu, com cerca de 12 mil e 400 jovens, é o concelho com mais adolescentes desta região. A mesma realidade se verifica no região Markest Sul, uma desertificação generalizada de adolescentes e os que existem, encontram-se sobretudo nos concelhos capitais distritais alentejanas e na região do Algarve.

Clique no Mapa



Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais