placeholder
Casa Pia de novo nos noticiários

placeholderO assunto da Casa Pia esteve de novo nos noticiários televisivos do primeiro fim de semana de Fevereiro de 2003. As prisões preventivas de Carlos Cruz, João Ferreira Diniz e Hugo Marçal (que entretanto saiu em liberdade com termo de identidade e residência) na noite de 31 de Janeiro veio relançar o interesse neste caso, que foi o mais noticiado nas televisões durante esse fim de semana.

Mais de metade do tempo noticioso do fim de semana de 1 e 2 de Fevereiro foi dedicado ao caso Casa Pia, depois dos recentes acontecimentos que relançaram o interesse dos meios de comunicação social pelo assunto. De facto, em apenas dois dias foram transmitidas notícias sobre este assunto durante mais de nove horas, que representaram 54.2% do tempo noticioso total da RTP1, RTP2, SIC, TVI e SIC Notícias (Jornal das 9), segundo dados da MediaMonitor.

Neste período, foram emitidas 152 notícias sobre o assunto com uma duração total superior às 9h16m. A RTP1 foi o canal que mais notícias deu sobre o tema, num total de 48. Este canal foi também o que dedicou mais tempo de antena ao assunto, ultrapassando as três horas.

A maior relevância do assunto na agenda dos noticiários foi, no entanto, dada pela SIC, que emitiu 39 notícias sobre o caso num total de 2h52m, que representaram 60.9% do tempo noticioso total da estação.

Já a TVI foi o canal que obteve maior audiência média nas notícias emitidas sobre este caso, 14.1%, 1.5 pontos percentuais acima da audiência média dos seus noticiários. Aliás, todos os canais à excepção da RTP2 registaram maiores níveis de audiência média nestas notícias do que nos noticiários globalmente considerados.

A TVI foi ainda o canal que emitiu a notícia mais vista no último domingo, com os comentários do Prof. Marcelo Rebelo de Sousa sobre este caso. Esta notícia, de duração um pouco superior aos 16 minutos, foi a mais vista de todos os canais, obtendo 19.8% de audiência média.



placeholder



Arquivo de notícias

Clipping

ver mais
Em Agenda ver mais