1,6 milhões possuem seguro de saúde

Segundo os dados do estudo Basef Seguros da Marktest, mais de 1,6 milhões de portugueses possuem seguro de saúde, um número que tem crescido nos últimos anos.

Grupo Marktest,  29 agosto 2006

Na primeira vaga de 2006, o o Basef Seguros contabiliza 1 628 mil possuidores ou beneficiários de seguro de saúde, um valor que corresponde a 19.6% do universo composto pelos residentes no Continente com 15 e mais anos.

O número de beneficiários deste tipo de seguros tem crescido desde 2000, embora a ritmo mais acelerado entre 2000 e 2004. A partir dessa data, a penetração deste produto tem-se mantido relativamente estável. Entre 2000 e 2006 a variação foi de 43.1%.

Na análise da penetração de seguro de saúde por targets, vemos diferenciações importantes, sendo ao nível da classe social e da ocupação que elas são mais significativas. Na idade também se observam comportamentos diferenciados, sendo ao nível da região e do sexo que menores diferenças são encontradas.

Os quadros médios e superiores distanciam-se do valor médio, sendo junto destes que observamos maior penetração do produto, pois 44.6% destes indivíduos possui ou beneficia de seguro de saúde.

Da mesma forma, os indivíduos das classes alta e média alta também registam valores superiores à média, com 38.6%.

Pelo contrário, é junto dos mais idosos e dos indivíduos da classe social baixa (maioritariamente idosos) que se registam taxas mais baixas de posse ou benefício de seguro de saúde.

Esta análise foi realizada com base nos resultados da primeira vaga de 2006 do estudo Basef Seguros da Marktest. Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais