Novelas: análise dos últimos anos
Desde 1999 até Julho de 2006, foi em 2004 que as novelas registaram melhor audiência média, numa análise dos dados da MediaMonitor.
Grupo Marktest,  29 agosto 2006

placeholder

Considerando os dados disponíveis para os últimos sete anos relativos à audiência das novelas emitidas na RTP1, SIC e TVI, vemos como foi em 2004 que elas obtiveram maior índice de audiência média, com 8.5% (conceito de audiência Net - que considera apenas o espaço do programa, excluindo por isso breaks comerciais).

Em 1999, este género registou 7.0% de audiência média, um valor que baixou até 2001 quando se situou nos 4.7%. A partir dessa data, o indicador cresceu sistematicamente até 2004, quando atingiu o valor mais elevado do período em análise. Em 2005, baixou para os 7.9% e de Janeiro a Julho de 2006 registou 7.6% de audiência média.

placeholder

Em 2004, ano em que as novelas foram mais vistas em Portugal, a liderança do género foi ocupada pela emissão de dia 13 de Setembro da novela Chocolate com Pimenta, emitida na SIC às 21h25m, que registou 21.9% de audiência média e 46.9% de share de audiência. Na segunda posição ficou a emissão de dia 28 de Novembro da novela Mistura Fina, da TVI, com 19.1% de audiência média e 48.0% de share de audiência. O episódio de dia 8 de Fevereiro da novela Morangos com Açucar, do mesmo canal, foi a terceira novela mais vista nesse ano, com 17.9% de audiência média e 45.6% de share de audiência.

Nos primeiros sete meses de 2006, na liderança do género estão três novelas da TVI. Dei-te Quase Tudo obteve o valor mais elevado, no episódio de dia 13 de Janeiro, com 21.1% de audiência média e 53.0% de share de audiência. No dia 25 de Março, a novela Mundo Meu registou 18.8% de audiência média e 49.6% de share de audiência e no dia 16 de Abril a novela Morangos com Açucar III - Férias da Páscoa obteve 18.7% de audiência média e 50.7% de share de audiência.

Numa análise da afinidade dos vários targets com as novelas para os primeiros sete meses de 2006, vemos que o sexo e a classe socialsão as variáveis que mais influenciam o consumo deste género de programas, sendo ao nível da região que se observa menor heterogeneidade de comportamento.

Os idosos com mais de 64 anos são os maiores consumidores deste tipo de programas (mais 38% do que a média do universo), seguidos dos indivíduos da classe social baixa (mais 35% do que a média).

Pelo contrário, os indivíduos das classes sociais alta e média alta são os que menos consomem novelas, com um índice cerca de 42% abaixo da média do universo.

placeholder

Nesta análise foi utilizado o software MMW/Telereport da MediaMonitor. Contacte-nos se pretende mais informações sobre este assunto.

Esta análise foi corrigida no dia 22 de Setembro de 2006.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais
  • MRMW Europe - Innovation - Inspiration - Insights

    O MRMW (Market Research in the Mobile World) é um evento de nível global, dedicado aos estudos de mercado. Em abril de 2024 o evento decorre em Singapura.

    17 a 18 de abril de 2024

    Merlien Institute

    Singapura

    jens@merlien.org

  • 40 years Futurizing - Congresso APDC

    No ano em que a APDC comemora 40 anos, serão destacados os contributos dados por esta Associação às Tecnologias de Informação e Comunicação e para os Média em Portugal.

    14 a 15 de maio de 2024

    APDC-Associação Portuguesa para o Desenvolvimento das Comunicações

    Auditório da Faculdade de Medicina Dentária de Lisboa, Lisboa

    geral@apdc.pt