Aumenta consumo de detergente de loiça em pastilhas

Os resultados do estudo Consumidor indicam que, nos últimos anos, tem aumentado o número de lares onde se consome detergente em pastilhas na máquina de lavar loiça.

Grupo Marktest,  28 novembro 2006

O Consumidor 2005 contabiliza 990 mil lares no Continente onde se consome detergente em pastilhas para lavagem de loiça na máquina, um valor que representa 28.2% do universo em estudo e 61.0% do total de lares com máquina de lavar loiça.

O número de lares que consomem este produto tem aumentado nos últimos anos, mais do que duplicando relativamente aos 12.0% de lares consumidores contabilizados em 2001.

A penetração deste produto pelos vários targets mostra alguma heterogeneidade, sobretudo se analisada a ocupação do chefe de família (indivíduo que contribui com maior rendimento para o lar) e a classe social.

De facto, a classe social e a ocupação do chefe de família são as variáveis mais dicriminantes, pois são as que revelam maiores diferenças de comportamento entre os indivíduos.

Este produto atinge maior penetração junto dos lares onde o chefe de família exerce ocupação como quadro médio e superior (46.4% destes lares consomem o produto), bem como nos que pertencem às classes sociais alta e média alta (46.3%).

A idade da dona de casa (indivíduo responsável pelas compras do lar) também revela algumas diferenciações, sobretudo porque as mais idosas são as que mais se afastam do valor médio, registando menor afinidade com este produto.

Entre as regiões, são também observadas diferenças no consumo do produto, destacando-se os lares da Grande Lisboa (34.9%), Litoral Centro (33.5%) e Grande Porto (30.7%) como aqueles onde o produto encontra maiores taxas de penetração.

A análise da composição familiar quanto à idade é a que revela comportamentos menos heterogéneos, sendo nos lares com crianças entre os 3 e os 6 anos que encontramos maior taxa de consumo deste produto.

Numa análise do perfil sócio-demográfico dos lares que consomem detergente em pastilhas para lavagem de loiça na máquina, vemos que 43.8% deles se localizam nas regiões da Grande Lisboa ou do Litoral Centro, 59.0% têm donas de casa com idades entre os 35 e os 54 anos, 61.0% pertencem às classes sociais alta e média alta ou média e em 42.7% deles os chefes de família exercem ocupações como trabalhadores qualificados ou quadros médios e superiores.

Esta análise foi realizada com base nos resultados do estudo Consumidor da Marktest. Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais