MediaMonitor TV Tops

Tops de audiências e protagonistas da semana de 1 a 7 de Outubro de 2007.

MediaMonitor,  16 outubro 2007

O jogo da Liga dos Campeões na RTP1, entre o Dínamo de Kiev e o Sporting liderou o Top 10 programa, semana de 1 a 7 de Outubro com 18.8% de audiência média e 46.7% de share. Outro jogo de futebol ficou na segunda posição. O U. Leiria X Benfica para Bwin Liga que foi transmitido na TVI. A novela Ilha dos Amores desceu para a terceira posição e o Telejornal da RTP1 manteve a quinta posição. A fechar a tabela ficou Os Super Malucos do Riso na SIC com 10.6% de audiência média e 26.4% de share.

A semana de 1 a 7 de Outubro continua a ser preenchida com o caso Madeleine Mccann, que levou ao afastamento do coordenador do caso Gonçalo Amaral. Regressa, também, o caso Casa Pia, com denúncias públicas da ex-provedora Catalina Pestana.

Na liderança do Top Protagonistas ficou o Primeiro-ministro, José Sócrates, com a presença no Fórum para a Energia a decorrer em Lisboa. Destaque, também, para o lançamento do projecto de aquacultura da Pescanova em Mira, um investimento de 140 milhões de euros que é alvo de contestação por grupos ambientalistas, e para o lançamento do Plano Nacional de Barragens, que prevê a construção de 10 novas barragens Hidroeléctricas, cujos projectos entram em discussão pública.

A segunda posição pertence ao Presidente da República, Cavaco Silva. O destaque da sua intervenção vai para o falecimento de seu pai Teodoro Silva, e para as comemorações do 5 de Outubro onde discursou reforçando a ideia do ano anterior para um aprofundamento do "esforço já empreendido para concretizar, no plano legislativo, o ideal republicano de uma maior transparência da vida pública". De destacar ainda a visita oficial aos Açores onde se reuniu com os presidentes de Câmara da Região Autónoma.

Na 3ª posição do top surge o Ministro da Justiça, Alberto Costa com a reunião de Ministros da UE, em Lisboa, onde se debateram medidas de protecção às crianças, e para o afastamento do coordenador da judiciária para o caso Madeleine Mccann, na sequência de declarações polémicas. O Supremo Tribunal de Justiça vai passar a estar de portas abertas ao público, uma iniciativa inaugurada pelo ministro da Justiça para aproximar a Justiça dos cidadãos.

Outras notícias em destaque:
A presidência portuguesa da União Europeia manifestou confiança e optimismo num acordo político para aprovação do Tratado Reformador europeu pelos 27.
Foi assinado o acordo Ibérico para a criação de uma equipa de combate ao terrorismo, nomeadamente o da ETA que integrada as polícias e magistrados de Portugal e Espanha.
Os Ministros da Administração Interna da UE preparam a criminalização da conspiração e estudam novas leis de controlo das páginas da internet.
Realizou-se em Lisboa o primeiro Fórum da Energia organizado pela Galp e pela fundação Mário Soares, com a presença de figuras destacadas de multinacionais ligadas à energia.
O Governo anunciou o investimento de mil milhões de euros em 10 novas barragens hidroeléctricas.
Segundo o EUROSTAT a taxa de desemprego subiu em Portugal para os 8.3% e entre eles estão cerca de 150.000 funcionários públicos sem vínculo ao Estado. A taxa de desemprego em Portugal superou a Espanhola pela primeira vez em 20 anos.
O Estado chegou a acordo com cerca de 18.000 contribuintes com dívidas à Segurança Social o que permitiu a cobrança de 91 milhões de euros.
Na sequência da apresentação de medidas para estimular a natalidade, as grávidas de 3 meses já podem solicitar o abono pré natal se o rendimento familiar não ultrapassar os 1989 euros.
A epidemia da Língua Azul atinge explorações de gado ovino e caprino no Alentejo e Algarve A ASAE efectuou inspecções em várias cozinhas de Hospitais por todo o País, detectando falhas nas cozinhas e encerrando cantinas e refeitórios.
No desporto, nova jornada da Liga dos Campeões da UEFA, FC Porto e Sporting CP venceram fora enquanto o SL Benfica perde em casa, comprometendo a sua permanência na proxima fase da prova. O seleccionador de Portugal, Filipe Scolari obteve uma redução no castigo imposto pela UEFA na sequência dos incidentes no final do Portugal x Sérvia.
Os atletas de alto rendimento vão passar a ter isenção de IRS nas bolsas recebidas para a sua preparação física, os jogadores de futebol não estão incluídos.

Esta análise foi corrigida no dia 17 de Outubro de 2007.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais