MediaMonitor TV Tops

Tops de audiências e protagonistas da semana de 1 a 7 de Outubro de 2007.

MediaMonitor,  16 outubro 2007

O jogo da Liga dos Campeões na RTP1, entre o Dínamo de Kiev e o Sporting liderou o Top 10 programa, semana de 1 a 7 de Outubro com 18.8% de audiência média e 46.7% de share. Outro jogo de futebol ficou na segunda posição. O U. Leiria X Benfica para Bwin Liga que foi transmitido na TVI. A novela Ilha dos Amores desceu para a terceira posição e o Telejornal da RTP1 manteve a quinta posição. A fechar a tabela ficou Os Super Malucos do Riso na SIC com 10.6% de audiência média e 26.4% de share.

A semana de 1 a 7 de Outubro continua a ser preenchida com o caso Madeleine Mccann, que levou ao afastamento do coordenador do caso Gonçalo Amaral. Regressa, também, o caso Casa Pia, com denúncias públicas da ex-provedora Catalina Pestana.

Na liderança do Top Protagonistas ficou o Primeiro-ministro, José Sócrates, com a presença no Fórum para a Energia a decorrer em Lisboa. Destaque, também, para o lançamento do projecto de aquacultura da Pescanova em Mira, um investimento de 140 milhões de euros que é alvo de contestação por grupos ambientalistas, e para o lançamento do Plano Nacional de Barragens, que prevê a construção de 10 novas barragens Hidroeléctricas, cujos projectos entram em discussão pública.

A segunda posição pertence ao Presidente da República, Cavaco Silva. O destaque da sua intervenção vai para o falecimento de seu pai Teodoro Silva, e para as comemorações do 5 de Outubro onde discursou reforçando a ideia do ano anterior para um aprofundamento do "esforço já empreendido para concretizar, no plano legislativo, o ideal republicano de uma maior transparência da vida pública". De destacar ainda a visita oficial aos Açores onde se reuniu com os presidentes de Câmara da Região Autónoma.

Na 3ª posição do top surge o Ministro da Justiça, Alberto Costa com a reunião de Ministros da UE, em Lisboa, onde se debateram medidas de protecção às crianças, e para o afastamento do coordenador da judiciária para o caso Madeleine Mccann, na sequência de declarações polémicas. O Supremo Tribunal de Justiça vai passar a estar de portas abertas ao público, uma iniciativa inaugurada pelo ministro da Justiça para aproximar a Justiça dos cidadãos.

Outras notícias em destaque:
A presidência portuguesa da União Europeia manifestou confiança e optimismo num acordo político para aprovação do Tratado Reformador europeu pelos 27.
Foi assinado o acordo Ibérico para a criação de uma equipa de combate ao terrorismo, nomeadamente o da ETA que integrada as polícias e magistrados de Portugal e Espanha.
Os Ministros da Administração Interna da UE preparam a criminalização da conspiração e estudam novas leis de controlo das páginas da internet.
Realizou-se em Lisboa o primeiro Fórum da Energia organizado pela Galp e pela fundação Mário Soares, com a presença de figuras destacadas de multinacionais ligadas à energia.
O Governo anunciou o investimento de mil milhões de euros em 10 novas barragens hidroeléctricas.
Segundo o EUROSTAT a taxa de desemprego subiu em Portugal para os 8.3% e entre eles estão cerca de 150.000 funcionários públicos sem vínculo ao Estado. A taxa de desemprego em Portugal superou a Espanhola pela primeira vez em 20 anos.
O Estado chegou a acordo com cerca de 18.000 contribuintes com dívidas à Segurança Social o que permitiu a cobrança de 91 milhões de euros.
Na sequência da apresentação de medidas para estimular a natalidade, as grávidas de 3 meses já podem solicitar o abono pré natal se o rendimento familiar não ultrapassar os 1989 euros.
A epidemia da Língua Azul atinge explorações de gado ovino e caprino no Alentejo e Algarve A ASAE efectuou inspecções em várias cozinhas de Hospitais por todo o País, detectando falhas nas cozinhas e encerrando cantinas e refeitórios.
No desporto, nova jornada da Liga dos Campeões da UEFA, FC Porto e Sporting CP venceram fora enquanto o SL Benfica perde em casa, comprometendo a sua permanência na proxima fase da prova. O seleccionador de Portugal, Filipe Scolari obteve uma redução no castigo imposto pela UEFA na sequência dos incidentes no final do Portugal x Sérvia.
Os atletas de alto rendimento vão passar a ter isenção de IRS nas bolsas recebidas para a sua preparação física, os jogadores de futebol não estão incluídos.

Esta análise foi corrigida no dia 17 de Outubro de 2007.

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais

Em Agenda ver mais