Lisboa perde um terço do poder de compra em dez anos
Lisboa perde um terço do poder de compra em dez anos
placeholder
Uma análise dos dados disponíveis no sistema de geomarketing Sales Index da Marktest, revela que o concelho de Lisboa perdeu um terço do índice de poder de compra regional entre 2001 e 2011.
Grupo Marktest
27 abril 2011
placeholder

Numa análise dos resultados do Sales Index para a última década, vemos como o concelho de Lisboa é aquele que mais tem perdido em índice de poder de compra regional. Se em 2001 o concelho concentrava 151.85‰ do poder de compra do Continente (num total de 1000), em 2011 esse peso baixou para 100.68‰, menos 33.7% do que então.

Esta diminuição do peso do concelho de Lisboa fica especialmente a dever-se ao decréscimo populacional que tem apresentado. De acordo com as estimativas do INE, entre os Censos de 2001 e o ano de 2009, o concelho perdeu 15% dos seus habitantes e está perto de ser "ultrapassado" por Sintra como concelho mais populoso do país (apenas 26 mil habitantes separam agora estes dois concelhos).

O concelho do Porto é o segundo com maior decréscimo no seu índice de poder de compra, que baixou 30.1% na mesma década. O concelho assistiu a uma quebra de população ainda maior do que Lisboa, de 20% entre 2001 e 2009. Concentra 36.73‰ do poder de compra do Continente, abaixo dos 52.56‰ observados dez anos antes.

No extremo oposto, Alcochete, Mafra e Arruda dos Vinhos posicionam-se como os concelhos que, no Continente, mais têm aumentado em índice de poder de compra nos últimos dez anos. Alcochete viu o seu índice crescer 48% entre estes dois momentos, subindo 26 degraus no ranking de concelhos do Continente.

No período em análise, 159 dos 278 concelhos do Continente viram este índice subir, 109 registaram decréscimos e 7 mantiveram o seu valor inalterado. Para 3 concelhos (Odivelas, Trofa e Vizela, criados em 1998) não existe informação disponível antes de 2003.

O mapa assinala os concelhos que observaram um maior incremento neste indicador. Foram 15 os concelhos com um aumento superior a 25% no seu índice de poder de compra entre os anos referidos.

O índice de poder de compra regional é um índice criado pela Marktest em 1980 e actualizado anualmente, que permite observar a contribuição de cada concelho no Continente para um total de 1000. É calculado com base em informação indicadora do potencial de rendimento e consumo de cada concelho, nomeadamente a população residente, a capitação de impostos, as vendas de automóveis, os consumos de electricidade, as dependências bancárias e os estabelecimentos comerciais.

Este índice está disponível no Sales Index , o sistema de geomarketing de base concelhia da Marktest. Para conhecer melhor este sistema, consulte os artigos relacionados ou contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais
Em Agenda ver mais