Valor das rendas quase duplica em 10 anos
Valor das rendas quase duplica em 10 anos
placeholder
Segundo os resultados do Recenseamento da População e Habitação de 2011 do INE, o valor médio das rendas aumentou 91% face ao anterior Censo.
Grupo Marktest
8 fevereiro 2013

Os dados dos Censos 2011 do INE mostram que existem no país um total de 794 465 alojamentos arrendados ou sub-arrendados, um valor que corresponde a 13.6% do total de alojamentos clássicos.

Nestes alojamentos arrendados ou sub-arrendados residem cerca de 812 mil famílias, abrangendo cerca de 2 milhões de indivíduos, números que equivalem a 20.1% do total de famílias e 18.5% da população residente em Portugal.

A região de Lisboa é aquela onde existe um maior número de arrendatários, estando aqui localizados 38.8% do total de alojamentos arrendados, cerca de 303 mil.

placeholder

44% dos alojamentos arrendados têm um contrato de arrendamento posterior a 2005.

placeholder

Em termos médios, o valor das rendas é em 2011 de 234 euros, montante que no anterior Recenseamento era de 123 euros. Isto significa que no espaço de 10 anos o valor médio das rendas quase duplicou, pois teve um aumento de 91% (aumentou 112 euros).

Os dados do INE mostram que o escalão de renda entre 300 e 400 euros é o mais frequente em Portugal, representando 19.2% dos alojamentos. No total, 48% dos alojamentos têm uma renda inferior a 200 euros e 52% igual ou superior a este montante.

placeholder

Estes valores apresentam, no entanto, diferenças importantes por região, sendo na Região Autónoma da Madeira e no Norte que têm um maior peso as rendas abaixo de 200 euros. Pelo contrário, a região do Algarve apresenta-se como aquela onde as rendas têm um valor mais elevado - 69% são iguais ou superiores a 200 euros.

placeholder

Estas diferenças são contudo mais relevantes quando analisada a data do contrato de arrendamento - 91% dos contratos anteriores a 1975 têm rendas abaixo de 200 euros enquanto 83% dos alojamentos com contrato de arrendamento superior a 2005 têm uma renda acima de 200 euros.

placeholder

O Recenseamento mostra ainda que 42% dos alojamentos arrendados ou sub-arrendados são ocupados por indivíduos inactivos (reformados, domésticas, etc…). Entre estes, o valor das rendas é relativamente inferior à média, com 72% dos alojamentos com renda abaixo de 200 euros.

Os dados actualizados dos Censos do INE irão ser analisados no Sales Index, o sistema de geomarketing do Grupo Marktest. Contacte-nos se pretende mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais
  • Social Media em Market Research

    Evento online, cujo tema é a utilização das redes sociais em extudos de mercado. Este evento tem a colaborção de Ray Poynter, especialista em Market Research e Insights

    29 de junho de 2021

    APODEMO em colaboração com a MRS

    formacao@apodemo.pt

  • QSP Summit

    Uma das mais relevantes conferências de Management e Marketing da Europa.

    1 a 2 de julho de 2021

    QSP - Consultoria de Marketing

    Exponor, Porto

    info@qspsummit.pt