Investimentos Publicitários de Refrigerantes

O Verão lembra-nos refrigerantes – essas bebidas frescas, que os portugueses se habituaram a consumir ao longo do seu quotidiano. Analisámos os investimentos publicitários efectuados pelas diferentes marcas de refrigerantes com sabor a frutos (com e sem gás), guaranás e “outros”, tendo por base o primeiro quadrimestre de 2003; ou seja, o período compreendido entre Janeiro e Abril.

Relativamente ao investimento total efectuado pelas marcas, podemos verificar que a marca que mais investiu neste período foi a Fanta com 1193.8 milhares de euros (cerca de 33% do total), seguida da B! que registou investimentos na ordem dos 1032 milhares de euros. Estas duas marcas asseguraram praticamente 61.5% do montante total investido pelos refrigerantes nos primeiros quatro meses de 2003.

Se desdobrarmos estes investimentos pelos vários meios, podemos observar que a TV é o meio de eleição que a maior parte das marcas escolhe para as suas inserções publicitárias, captando este meio 82.5% do investimento total. Contudo, a Sumol apesar de efectuar investimentos de montantes relativamente mais baixos do que a maior parte das restantes marcas (esta marca investiu um total de cerca de 420 mil euros) fez inserções publicitárias elegendo os restantes meios (Outdoor, Imprensa e Rádio). Das marcas que mais investiram, destaca-se a Fanta, que dirigiu a totalidade do seu investimento para o meio TV. Já a B! repartiu os seus investimentos entre a TV e o Outdoor, apesar de ter concentrado na televisão a maior parte deste investimento (79.6%).

Apesar das diferenças de investimentos e de meios escolhidos, a receptividade dos portugueses face a este tipo de bebidas tem vindo a aumentar ao longo dos anos, o que pode advir de uma tendência crescente do número de refeições efectuadas fora de casa e de uma mudança de hábitos alimentares.

A Marktest.com irá lançar brevemente uma análise dirigida ao sector dos “Refrigerantes”, destacando as conclusões mais importantes relativamente à actuação das marcas e à receptividade e características dos consumidores deste tipo de bebidas.



Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais