Em 2021, os melhores anúncios são…
Em 2021, os melhores anúncios são…
placeholder
O estudo Publivaga da Marktest avalia a eficiência da comunicação publicitária das marcas. Confira quais os anúncios com maior recordação, agrado e eficiência de 2021.
Grupo Marktest
8 março 2022

Considerando os principais setores estudados no Publivaga em 2021: bancos, lojas de eletrónica/informática/eletrodomésticos, seguradoras, super/hipermercados e telecomunicações, foram exibidos na televisão, em 2021, cerca de 400 anúncios. Os super/hipermercados deram o maior contributo, na ordem dos 40%.

O Publivaga, dedicado a cada um dos 5 setores, estudou ao longo de todo o ano a recordação de publicidade das respetivas marcas e anúncios. Para cada anúncio de televisão, o estudo avalia a sua recordação comprovada (impacto), ou seja, a percentagem de descrições corretas, assim como o agrado suscitado, aos quais junta o respetivo investimento publicitário e os GRPs obtidos (audiência da publicidade), o que leva à eficiência, através da relação entre recordação e pressão.

Melhores anúncios (clique nas imagens para ver os filmes publicitários):

  • "Quem trouxe foi o Pingo Doce-Natal" foi o anúncio de televisão que conseguiu mais recordação comprovada

  • "Vida nova-Natal", da Vodafone, obteve a melhor média de agrado

  • "Nova casa-Ana Guiomar e Diogo Valsassina", da Vodafone, foi o anúncio mais eficiente, ou seja, com melhor rácio recordação/GRPs, considerando os anúncios que registaram pelo menos 1500 GRPs. Este anúncio é o único que integra os três top10: recordação comprovada, agrado e rácio de eficiência.

Esta análise tem como base os resultados de 5 classes de produto estudadas no Publivaga, um estudo regular da Marktest que permite conhecer a recordação e a memorização da publicidade das marcas, sendo um instrumento de referência na medição da eficiência das campanhas publicitárias. Consulte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Clipping

  • Bendito jogo

    3 dezembro 2022

    TV 7 DIAS, PRINCIPAL

    pag. 82

    Pedro Vilela

ver mais
Em Agenda ver mais