Publicidade a brinquedos

A cerca de dois meses do Natal, os fabricantes de brinquedos começaram já a anunciar os seus produtos. Em 2002, a publicidade a preços de tabela do sector superou os 31 milhões de euros, segundo dados da MediaMonitor.

Tradicionalmente, o mês de Outubro é o mês de início das campanhas publicitárias destes produtos tão de agrado dos mais novos. No ano transacto, 85% do investimento publicitário do sector dos brinquedos teve lugar nos últimos três meses do ano.

Em 2002, o montante global ultrapassou os 31 milhões de euros a preços de tabela. Em 2003, até Agosto, o sector já investiu cerca de 5,6 milhões de euros, superior em 32.7% ao registado no ano passado no mesmo período.

Os anunciantes que já iniciaram as suas campanhas têm dirigido a maior fatia dos seus investimentos para a televisão, que representa 76.7% do total investido em 2003. É provável que esta relação venha a ser ainda mais favorável ao meio, já que em 2002 o grosso do investimento publicitário foi para aí dirigido, tendo recolhido 95.2% do total.

Até Agosto de 2003, os cinco maiores investidores foram Mattel, Farsana, Famosa, Concentra e Hasbro. No conjunto, investiram perto de 4 milhões de euros a preços de tabela, o que representa 70.9% do total registado no período por este sector. Deste montante, 88.6% foi dirigido a publicidade colocada na televisão.

A análise foi realizada com base no software e-admonitor.com da MediaMonitor.

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais

Em Agenda ver mais