Ecos das Presidências Abertas

Em análise efectuada pela MediaMonitor, as Presidências Abertas de Jorge Sampaio no Alentejo e na Guarda foram motivo de notícias televisivas com duração total de 5 horas e 19 minutos nos períodos em que ocorreram. Estes valores representaram menos de 5% do total de notícias emitidas nestes períodos.

Jorge Sampaio realizou de 11 a 16 de Junho a sua Presidência Aberta no Alentejo e de 26 de Outubro a 3 de Novembro na Guarda. Estes dois momentos tiveram diferentes coberturas pelos canais de televisão auditados pela MediaMonitor.

A deslocação do Presidente ao Alentejo foi motivo de 48 notícias com duração total de 2 horas e 5 minutos, tendo tido maior destaque na RTP1, que na altura dedicou 1 hora, 3 minutos e 40 segundos a este assunto.

Na sua deslocação à Guarda, as televisões emitiram 77 notícias sobre o assunto, com duração total de 3 horas, 12 minutos e 36 segundos. Desta feita, foi a TVI que mais exposição deu a este tema, assegurando quase 55 minutos de informação sobre esta iniciativa.

Se em Junho deste ano a RTP1 foi o canal que mais expôs este tema (assegurando 48% do tempo informativo total dedicado à Presidência Aberta no Alentejo), já em Outubro os três canais RTP1, SIC e TVI tiveram um comportamento mais semelhante, tendo a TVI assegurado a maior fatia da informação sobre esta Presidência Aberta na Guarda (29% do total).

Mas o peso que estas notícas tiveram nas programações noticiosas dos diferentes canais foi diferente: se na deslocação ao Alentejo a RTP1 se destacou dos restantes canais, ao dedicar a este tema 7.4% da duração total dos seus programas informativos, já a deslocação à Guarda mereceu por parte dos quatro canais uma relevância muito semelhante e muito perto dos 5% da sua programação noticiosa.

A análise foi realizada com recurso ao software e-telenews.com da MediaMonitor.

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais

Em Agenda ver mais