Consumir cerveja sem álcool
Grupo Marktest,  12 abril 2005

placeholder Perto de meio milhão de portugueses bebem cerveja sem álcool, de acordo com os dados do estudo Consumidor 2004 da Marktest.

No Continente, são 462 mil os residentes com 15 e mais anos que costumam consumir cerveja sem álcool, o que equivale 5.6% do universo estudado pelo Consumidor.

No Grande Porto e no Sul encontramos maiores taxas de consumo deste produto, respectivamente de 7.9% e 7.0%. O produto tem maior penetração junto da população masculina: 7.7% dos homens consomem serveja sem álcool, tal como 3.6% das mulheres. Por idades, é entre os 35 e os 44 anos que o consumo deste produto é mais elevado, de 8.3%. Também junto dos indivíduos das classes sociais alta e média alta se encontram taxas mais elevadas, de 8.8%, face aos 3.4% de indivíduos da classe social baixa que costuma beber cerveja sem álcool. Nas ocupações, destacam-se os quadros médios e superiores e os técnicos especializados e pequenos proprietários, com 13.2% e 9.9%, respectivamente, de hábito de consumir cerveja sem álcool.

A análise do perfil sócio-demográfico destes consumidores revela que 55.3% reside nas regiões da Grande Lisboa, Grande Porto ou Litoral Centro, 66.2% é do sexo masculino, 61.2% tem entre 25 e 54 anos, 59.1% pertence às classes sociais alta, média alta ou média e 48.4% exerce ocupações de quadro médio e superior ou é reformado ou pensionista.

placeholder

De acordo com os dados do estudo Brand Index 2004 da Marktest , vemos que estes indivíduos revelam uma grande afinidade com todas as marcas de cerveja sem álcool, especialmente a Cheers. Têm ainda uma afinidade elevada com marcas como a Rover, nos automóveis, a Logan, nos whiskies, a Frutea, no chá gelado, ou a El Corte Inglês, nas grandes superfícies comerciais- marcas que consomem acima da média do universo. Pelo contrário, a afinidade é menor com marcas como a Nesquik, no leite chocolatado, a Caramulo, nas águas sem gás, a Ultra Suave, nos champôs, ou a Pop, nos detergentes para lavar roupa à mão - marcas que consomem abaixo da média do universo.

Esta análise foi realizada com base nos resultados dos estudos Consumidor 2004 e Brand Index 2004 da Marktest. Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Alguns produtos relacionados com esta notícia

placeholder

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais
  • QSP Summit

    O QSP SUMMIT afirma-se como a mais relevante Conferência de Management e Marketing da Europa.

    28 a 30 de junho de 2022

    QSP - Consultoria de Marketing

    Feira Internacional do Porto, Matosinhos

    info@qspsummit.pt

  • Data Science Analytics Course

    Curso online, dirigido a todos os profissionais e empresas de estudos de mercado, que queiram entender melhor o campo florescente da Data Science.

    30 de junho de 2022

    APODEMO em colaboração com a MRS

    apodemo@apodemo.pt