Governo de Sócrates mais mediático que o de Durão
Grupo Marktest,  9 março 2006

placeholder No seu primeiro ano de governação, o executivo de José Sócrates esteve mais tempo nos écrãs de televisão do que o governo liderado por Durão Barroso no período homólogo. São dados do serviço Telenews da MediaMonitor.

O governo enquanto instituição motivou 7626 notícias na RTP1, 2:, SIC, Jornal das Nove da SIC Notícias e TVI no período compreendido entre 12 de Março de 2005 (tomada de posse do executivo liderado por José Sócrates) e 5 de Março de 2006.

Este número é superior em 21.9% ao número de peças emitido por estes canais no primeiro ano de governação de Durão Barroso (último governo com, pelo menos, um ano de duração). Entre 6 de Abril de 2002 e 5 de Abril de 2004, o governo motivou 6255 notícias.

O governo liderado por José Sócrates ocupou também mais tempo de emissão regular nestes canais. De facto, as notícias que no período em análise focaram o executivo tiveram uma duração total superior a 276 horas, mais 12.4% do que a observada no período homólogo do governo de Durão Barroso, 246 horas.

A duração média destas notícias, pelo contrário, foi mais favorável ao executivo de Durão Barroso, com 2 minutos e 22 segundos, face aos 2 minutos e 11 segundos que duraram, em média, as notícias sobre o elenco de José Sócrates.

Em audiência, a actual composição governativa também obteve índices mais elevados do que a sua homóloga. As notícias sobre o actual governo obtiveram uma audiência média de 7.1%, face aos 5.8% registados no primeiro ano de governação de Barroso.

Esta análise considera apenas os serviços regulares de informação dos canais em análise no período correspondente ao primeiro ano de governação de José Sócrates e Durão Barroso, segundo a seguinte Nota Metodológica. Foram apenas analisadas as notícias que tinham como tema o Governo enquanto instituição. Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais