Aumentam lares consumidores de gelados
De acordo com os dados do estudo Consumidor da Marktest, o número de lares onde se consomem gelados tem aumentado nos últimos anos.
Grupo Marktest,  14 novembro 2006

placeholder

O Consumidor 2005 contabiliza 1 562 mil lares no Continente onde se consomem gelados, um valor que representa 44.6% do universo em estudo.

O número de lares que consomem estes produtos tem aumentado nos últimos anos, quase duplicando face aos 25.2% de lares consumidores contabilizados em 2001.

placeholder

Na análise da penetração deste produto, a idade da dona de casa (indivíduo responsável pelas compras do lar) e a classe social são as variáveis mais dicriminantes, pois são as que revelam maiores diferenças de comportamento entre os indivíduos.

O consumo deste produto é superior nos lares com donas de casa jovens, naqueles onde o chefe de família (indivíduo que contribui com maior rendimento para o lar) exerce ocupação como quadro médio ou superior e nos de classe social mais elevada.

Pelo contrário, o consumo de gelados apresenta maior desvio (negativo) face à média nos lares com donas de casa mais idosas, naqueles onde o chefe de família é inactivo, nos da classe social baixa e naqueles cuja composição familiar tem uma idade média mais elevada.

Nos lares onde a dona de casa tem entre 25 e 34 anos o consumo de gelados atinge os 57.7%, um valor próximo dos 58.2% de lares consumidores com chefes de família quadros médios e superiores ou dos 56.5% observados junto dos lares das classes sociais alta e média alta.

Entre as regiões, as maiores taxas de consumo de gelados são observadas junto dos lares da Grande Lisboa e do Grande Porto, respectivamente 50.5% e 50.1%.

placeholder

Numa análise do perfil sócio-demográfico dos lares que consomem gelados, vemos que 42.1% deles se localizam nas regiões da Grande Lisboa ou do Interior Norte, 58.6% têm donas de casa com idades entre os 35 e os 54 anos, 61.0% pertencem às classes sociais média ou média baixa e em 47.7% os chefes de família são inactivos ou exercem ocupações como trabalhadores qualificados.

Esta análise foi realizada com base nos resultados do estudo Consumidor da Marktest. Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Notícias da mesma semana

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais
Em Agenda ver mais