MediaMonitor TV Tops

Tops de audiências e protagonistas da semana de 1 a 7 de Janeiro de 2007.

MediaMonitor,  16 janeiro 2007

A primeira semana do ano começou com a liderança do Telejornal da RTP1 com 15.7% de audiência média e 36% de share. A novela Tempo de Viver, na TVI desceu para a segunda posição. Na terceira posição aparece o Jornal da Noite, o único programa da SIC, que aparece no Top e que na semana anterior não se encontrava presente, com 14.5% de audiência média e 33.9% de share. A novela Doce Fugitiva subiu para a quarta posição e no quinto lugar ficou o Especial de Ano Novo dos Gato Fedorento.

Na primeira semana do ano o destaque informativo foi para os festejos do Ano Novo um pouco por todo o país.

A liderança do Top Personalidades pertence a Correia de Campos, Ministro da Saúde devido às recentes polémicas acerca da saúde em Portugal; o encerramento de uma unidade de transplantes hepáticos pediátricos do Hospital de Coimbra, única no país, e a instalação de um sistema de controlo de assiduidade por impressão digital no Hospital Pedro Hispano, que se deve generalizar a todos os hospitais do país. O Ministro anunciou um projecto para um novo Hospital em Sintra, dentro de 2 anos.

Na 2ª posição do Top ficou Aníbal Cavaco Silva, Presidente da República. O destaque da sua intervenção vai para a mensagem de Ano Novo que suscitou reacções diversas nos Partidos. Cavaco Silva exigiu realizações concretas ao Governo nas diversas áreas da governação, da Economia, à Educação passando pela Justiça. A primeira semana do ano serviu para o Presidente da República promulgar a Lei das Finanças Locais, após apreciação positiva do Tribunal Constitucional sobre o diploma.

Na 3ª posição do Top desta semana surge Francisco Louçã, Deputado do BE com a crítica às políticas do governo com destaque para a "pouca transparência das contas públicas" à luz do relatório do Tribunal de Contas. Bloco de Esquerda apresenta o seu projecto de lei de ensino multilingue nas escolas portuguesas para servir os filhos dos emigrantes em Portugal.

Outras notícias em destaque:

O Governo aprovou contratos de investimento no valor de 160 milhões de euros. Em causa 11 projectos de modernização de empresas no norte do pais, o que vai permitir assegurar a manutenção de 5.000 postos de trabalho e a criação de mais 300.
O Ministro da Ciência e Ensino Superior anunciou que até 2009 o valor da propina máxima não vai aumentar. O Ministro Mariano Gago anunciou também que vai ser divulgado o quadro dos cursos e as saídas profissionais.
No caso dos Voos da CIA que terão passado por Portugal, A Euro-deputada Ana Gomes afirma terem acontecido coisas estranhas na Base das Lajes. O ministério dos Negócios Estrangeiros reage afirmando que não há provas e que sem elas nada mais à a investigar.
O Ministério Publico investiga a operação de socorro ao barco que naufragou na Nazaré vitimando 6 pescadores. Os pescadores e Armadores das Caxinas estão revoltados e exigem mais meios de vigilância e socorro para a costa portuguesa.
A Autoridade da Concorrência não se opõe à OPA que a Prisa lançou sobre a Media Capital.
O fisco deixou prescrever mais de 230 milhões de euros de dívidas em 2005 denúncia o Tribunal de Contas.
O ano de 2006 foi negro para o sector automóvel em Portugal, venderam-se menos 12.000 veículos que no ano anterior.
O Café Martinho da Arcada celebra 225 anos e teve como convidado o Presidente Cavaco Silva que recordou o seu tempo de estudante.
No desporto, arranca o Dakar com a participação de vários pilotos portugueses. Os jogadores de futebol vão passar a pagar IRS sobre todos os rendimentos como os restantes contribuintes, o Sindicato de Jogadores ameaça com a greve. O jogador do Benfica, Nuno Assís, foi condenado a um ano de suspensão por doping.
Em eliminatória da Taça de Portugal, destaque para a vitória do Atlético sobre o FC Porto no estádio do Dragão, que constituiu a grande surpresa da eliminatória.

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais

Em Agenda ver mais