Portugueses elegem Jerónimos maravilha de Portugal

Em sondagem realizada no Fonebus para a Marktest.com Notícias, os portugueses elegem o Mosteiro dos Jerónimos como a Maravilha de Portugal.

Grupo Marktest,  3 julho 2007

No dia 7 de Julho de 2007 serão conhecidas as novas sete maravilhas do mundo e as sete maravilhas portuguesas, numa cerimónia oficial que a TVI transmitirá.

A Marktest.com Notícias quis saber qual a opinião dos portugueses sobre este assunto e por isso realizou no Fonebus uma sondagem onde questionou os residentes no Continente com 18 e mais anos sobre qual o monumento nacional que escolheriam para representar as 7 maravilhas de Portugal.

Sem equívocos, o Mosteiro dos Jerónimos venceu, numa selecção feita por 21.9% dos inquiridos. Em segundo lugar, ficou o Mosteiro da Batalha, com 10.3% dos votos e em terceiro a Torre de Belém, com 8.6%.

O Castelo de Guimarães foi o quarto da lista, com 4.8% de preferências, à frente do Palácio Nacional da Pena, Igreja e Torre dos Clérigos, ambos com 3.4%, Convento e Basílica de Mafra, com 3.0%, Convento de Cristo em Tomar e Mosteiro de Alcobaça, ambos com 2.4%.

O Mosteiro dos Jerónimos foi o eleito dos homens e das mulheres, de todas as faixas etárias e classes sociais, mas não de todas as regiões.

De facto, os residentes em todas as regiões do Continente elegeram em primeiro lugar o Mosteiro dos Jerónimos, excepto os residentes no Grande Porto, que deram a vitória à Igreja e Torre dos Clérigos, com 19.0% dos seus votos.



A análise dos resultados deste estudo permite ainda conhecer algumas curiosidades:

  • Os jovens entre os 18 e os 34 anos elegeram na segunda posição a Torre de Belém
  • Da mesma forma, os residentes na Grande Lisboa deram o segundo lugar à Torre de Belém
  • Entre os 10 monumentos mais votados, nenhum residente nesta região seleccionou a Igreja e Torre dos Clérigos
  • Os residentes no Litoral Norte deram o 3º lugar ao Castelo de Guimarães
  • Os residentes no Litoral Centro deram ao Castelo de Óbidos o 5º lugar
  • Os indivíduos das classes sociais alta e média alta elegeram a Torre de Belém na segunda posição

Este estudo tem uma amostra de 3231 entrevistas e foi realizado em quatro vagas mensais do Fonebus da Marktest, tendo a recolha decorrido nos seguintes períodos: de 19 a 21 de Março, de 17 a 21 de Abril, de 15 a 18 de Maio e de 19 a 22 de Junho, de acordo com a seguinte a Ficha Técnica. Contacte-nos se pretende mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais