2,4 milhões frequentam discotecas ou bares

O estudo Consumidor 2006 da Marktest indica que, no Continente, são 2,4 milhões os residentes que costumam frequentar discotecas ou bares.

Grupo Marktest,  8 junho 2007

O Consumidor 2006 contabiliza no Continente 2 424 mil residentes com 15 e mais anos que frequentam discotecas ou bares, um número que corresponde a 29.2% do universo em estudo.

A idade é a variável que apresenta maior variabilidade deste hábito entre os diferentes grupos populacionais. A ocupação também é muito diferenciadora.

Os jovens destacam-se claramente dos outros grupos etários, sendo entre os 18 e os 24 anos que mais indivíduos dizem frequentar estes estabelecimentos, 74.1%, enquanto 67.8% dos jovens entre os 15 e os 17 anos também o faz. Os indivíduos entre os 25 e os 34 anos também apresentam valores acima da média do universo.

Entre os homens o hábito é mais frequente do que entre as mulheres - 33.6% dos homens e 25.1% das mulheres são frequentadores de discotecas ou bares.

Nas regiões, é no Litoral Centro que se registam valores superiores à média do universo, com 33.5% dos residentes nesta região a afirmar ter este hábito.

Entre as classes sociais, é junto da classe média que o hábito é mais frequente, com 36.6% de frequentadores de discotecas ou bares.

Finalmente, na análise da ocupação, destacam-se largamente os estudantes, sendo este hábito comum a 72.6% deles.

Esta análise foi realizada com base nos resultados do estudo Consumidor da Marktest. Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais