1,9 milhões com conta ordenado

De acordo com os resultados do estudo Basef Banca da Marktest, 1,9 milhões de portugueses possuem conta ordenado, produto que tem revelado uma dinâmica de crescimento nos últimos anos.

Grupo Marktest,  13 novembro 2007

No quadrimestre móvel de Setembro de 2007, o Basef Banca contabiliza 1 903 mil possuidores de conta ordenado, um valor que corresponde a 25.3% do universo composto pelos residentes no Continente com 15 e mais anos que possuem conta bancária.

O número dos bancarizados que possuem conta ordenado tem revelado uma dinâmica de crescimento desde 2000. Depois de uma quebra verificada entre 2000 e 2001, tem crescido sistematicamente o número dos possuidores deste tipo de conta bancária, embora da primeira vaga de 2006 para Setembro 2007 se tenha registado uma pequena quebra na penetração deste produto bancário.

Na análise da penetração desta conta pelos vários targets, vemos que a ocupação e a idade são as variáveis que mais influenciam a posse deste produto, pois são as que revelam comportamentos mais heterogéneos.

Os quadros médios e superiores são os apresentam maior taxa de posse de conta ordenado, com 48.6%, seguidos pelos empregados dos serviços, comércio e administrativos, com 43.3%.

A probabilidade de encontrar possuidores de conta ordenado é maior entre os indivíduos dos 25 aos 34 anos - 40.2% deles possui estas contas, contrariamente aos 3.6% observados junto dos indivíduos com mais de 64 anos.

Entre os sexos, também se verificam diferenças, sendo nos homens maior a taxa dos que possui este tipo de conta (28.3% face aos 22.5% das mulheres).

Por região, o Interior Norte e o Sul apresentam valores abaixo da média, sendo a Grande Lisboa a região que apresenta a maior taxa, de 31.0%.

Esta análise foi realizada com base nos resultados do quadrimestre móvel de Setembro de 2007 do estudo Basef Banca da Marktest. Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais