Atendimento valorizado nos seguros

De acordo com o estudo Basef Seguros da Marktest, o atendimento é o aspecto mais valorizado pelos possuidores de seguros, pois é o que mais lhes agrada na companhia de seguros que consideram mais importante.

Grupo Marktest,  7 agosto 2008

Os resultados do quadrimestre móvel de Junho de 2008 do Basef Seguros mostram que o atendimento é o aspecto que mais agrada na companhia mais importante, uma referência dada por 21.6% dos residentes no Continente com 15 e mais anos que possuem pelo menos um seguro e identificam a companhia mais importante.

O preço é o segundo factor mais valorizado, com 17.0% das referências, e a rapidez de resolução de problemas o terceiro, com 15.0% de respostas.

Em termos evolutivos (dados mensais com base em quadrimestres móveis), vemos que o preço evidencia uma tendência de subida, com os portugueses a valorizarem este factor agora mais que antes, ao passo que a satisfação ("agrada-lhe tudo/está satisfeito"), tende a baixar ao longo do período em análise.

Entre os que identificam o atendimento como o aspecto que mais lhes agrada na companhia mais importante, vemos que a idade é a variável que se revela mais discriminante, pois é a que mostra comportamentos mais heterogéneos entre os indivíduos.

Entre os sexos, 23.5% dos homens e 19.5% das mulheres referem este aspecto e, entre as idades, ele mostra-se particularmente importante para os indivíduos entre os 45 e os 64 anos, pois 26.6% referem-no.

A análise regional evidencia que o atendimento é mais valorizado no Interior Norte, onde 25.1% dos residentes que possuem seguros o refere como o que mais lhes agrada na companhia mais importante.

Entre as classes sociais não se observam comportamentos diferenciados, com os valores a oscilar entre 20.5% (classe média) e 22.1% (classes média baixa e baixa).

Finalmente, entre as ocupações também são perceptíveis diferentes opiniões, com os empregados nos serviços, comércio e administrativos a valorizar mais a questão do atendimento (25.5% referem-na), ao passo que os estudantes e domésticas (especialmente os primeiros) registam valores abaixo da média do universo.

Esta análise foi realizada com base nos resultados do estudo Basef Seguros da Marktest que analisa o universo composto pelos residentes no Continente com 15 e mais anos. Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais