Investimento publicitário a preços de tabela em crescimento

Investimento publicitário a preços de tabela em crescimento

placeholder

De acordo com os dados do Anuário de Media e Publicidade 2018 , o investimento publicitário aumentou 13% face a 2017.

Grupo Marktest
23 abril 2019

O Anuário de Media e Publicidade, que o Grupo Marktest acaba de lançar, é um documento único para conhecer os indicadores mais relevantes sobre investimentos publicitários (na televisão, rádio, imprensa, outdoor, internet e cinema) e audiência de meios (televisão, rádio, imprensa e internet). Também fornece uma síntese da oferta noticiosa em Tv.

Com base nos dados agora disponíveis relativos a 2018, vemos que, relativamente ao investimento publicitário, o mercado aumentou 13% face ao ano anterior, considerando os valores de tabela (estando excluídos quaisquer descontos ou negociações).

Ao longo de 2018, os montantes investidos sofreram algumas oscilações, registando o valor mínimo em fevereiro e o máximo em dezembro.

A televisão mantém-se como o meio privilegiado pelos anunciantes relativamente a investimento publicitário, recolhendo 79.5% dos montantes a preços de tabela. Já em termos de inserções, o meio mais utlizado é o outdoor.

Globalmente, as empresas do sector do comércio foram as que mais apostaram em publicidade above the line, tendo sido responsáveis por 11.5% do investimento anual a preços de tabela. Metade dos montantes globais corresponde ao investido por empresas de cinco sectores: comércio, indústria alimentar, indústria automóvel, higiene pessoal e indústria farmacêutica.

A Unilever-Fima foi em 2018 o maior anunciante, com um share of voice de 4%, tendo a marca MEO sido a que mais apostou nesta comunicação, com 2% dos montantes globais.

Nas agências, a Fuel liderou em 2018, sendo responsável por 6% do total do investimento, enquanto a OMD respondeu, entre as agências de meios, por 10% dos valores globais.

Considerando o investimento publicitário em televisão, os canais generalistas lideraram, concentrando 84.4% do investimento a preços de tabela, repartidos entre a TVI (39.7%), SIC (35.2% e RTP1 (9.5%)

Estes são apenas alguns dos insights disponíveis nesta nossa publicação, que pode ser adquirida diretamente na nossa loja online.

Veja aqui um documento de apresentação desta publicação, bem como a listagem completa de informação disponível no relatório.

A subscrição da edição deste ano permite o acesso grátis à aplicação web 10 Anos de Audiências. Pergunte-nos como.

Contacte-nos se pretende mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais

Em Agenda ver mais