Publicidade em Setembro

Em Setembro, o investimento publicitário recupera face ao mês anterior e atinge um valor superior a 206 milhões de euros, a preços de tabela, segundo dados recentemente disponibilizados pela MediaMonitor.

O volume do investimento publicitário a preços de tabela regista em Setembro uma recuperação face à quebra verificada no mês de Agosto, cifrando-se nos 206,750 mil euros. Na generalidade dos meios, esta recuperação permitiu que o investimento praticamente atingisse em Setembro os valores verificados em Julho.

Em Setembro, o peso do Investimento em Televisão face ao Total dos diferentes meios foi de 67.5%, seguido dos 18.1% que representa o investimento em Imprensa. Os restantes meios (Outdoor, Rádio e Cinema) representam no seu conjunto 14.4% do total do mês.

Relativamente ao investimento por canais de Televisão no período em análise, a TVI e a SIC foram absorveram maiores montantes, com 531,7 milhões de euros (TVI) e 403,1 milhões de euros (SIC). A RTP1 captou cerca de 192, milhões de euros.

Os dois maiores anunciantes no período decorrido entre Janeiro e Setembro foram a L’Óreal e as Telecomunicações Móveis Nacionais; apesar de a L’Óreal ter efectuado um investimento superior, ambos os anunciantes surgem muito próximos, com 51,9 milhões de euros (L’Óreal) e 51 milhões de euros (TMN). A Leverelida surge em 3º lugar, com 47,1 milhões de euros. Os 4º e 5º lugares são ocupados respectivamente pela Vodafone/Telecel (44,3 M€) e pela Danone Portugal (40,6 M€). Os cinco maiores anunciantes foram responsáveis por 12.8% do total investido nos diferentes meios (1835.8 milhões de euros) neste período.

Esta análise foi efectuada a partir da Base de Dados Multimeios da pela MediaMonitor software MMW/ Admonitor e considera apenas valores de investimento a preços de tabela. Veja a Nota Técnica.



Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais