Leitor de DVD conquista espaço nos lares portugueses
Marktest, 21 setembro 2004
placeholder Após uma fase inicial de entrada no mercado português caracterizada pela aquisição, sobretudo por parte das classes mais elevadas, os leitores de DVD parecem agora conquistar todo o tecido social.

O Consumidor é um estudo de mercado produzido pela Marktest, que ao longo de mais de 20 anos se tem dedicado à caracterização do consumidor português, nas suas várias vertentes: comportamentos, hábitos de consumo, posse e utilização de bens e serviços, etc.
Clique aqui para saber mais sobre o Consumidor.
Aproveitando uma baixa constante dos preços, os portugueses parecem não querer perder a oportunidade de adquirir este aparelho. Segundo o Consumidor 2004 da Marktest, 33.0% dos lares portugueses (cerca de 1.156 mil lares) já possuem leitor de DVD.

Tratando-se de um produto relativamente recente, é interessante verificar a evolução do comportamento de posse dos portugueses face a este aparelho.

O Consumidor publicou pela primeira vez este indicador (lares com leitor de DVD) na sua edição de 2002. Nessa altura, 5.5% dos lares portugueses dispunham de leitor de DVD. Um ano depois (2003) esta percentagem subiu para 15.8%, fixando-se este ano (2004) nos já referidos 33.0%.

Como podemos observar no quadro abaixo, a taxa média de crescimento anual do leitor de DVD anda próxima dos 150% ao ano. Se compararmos apenas o ano de 2004 com o de 2003, a taxa de crescimento ultrapassa os 200%.

placeholder

TMCA - Taxa média de crescimento anual, considerando o período 2002 a 2004.

Sendo o Consumidor um estudo com mais de 20 anos e com um vasto histórico, permite comparar o comportamento dos portugueses face à posse dos leitores de DVD, com, por exemplo, a evolução da posse de vídeo-gravador. Assim, o ponto máximo de penetração deste aparelho acontece em 2002, com valores próximos dos 70%. A partir daí, entra em decréscimo/estagnação, num período que coincide naturalmente com a ascensão do leitor de DVD.

Observando o quadro que se segue, podemos constatar que nos últimos 3 anos o vídeo-gravador tem um crescimento negativo médio à volta dos 3%.

placeholder

Ao consultar a base de dados evolutiva do estudo Consumidor, com mais de 500 indicadores, podemos constatar que são poucos os produtos com uma taxa de crescimento comparável à do leitor de DVD. Semelhante, só mesmo o telemóvel, que nos 3 primeiros anos em que é incluído neste estudo, 1995 a 1998, passa de uma penetração de 3.4% para 42.5%, com uma taxa média de crescimento, neste período, de 239%. Neste momento, a penetração do telemóvel é de 86.2%.

O crescimento da posse de leitor de DVD, acaba também por dinamizar o comércio de produtos associados. Segundo a mesma fonte, Consumidor 2004 da Marktest, são já 17% os indivíduos compradores de filmes em DVD (últimos 3 meses).

Reportando-nos à caracterização dos consumidores, uma análise da evolução do perfil dos lares com leitor de DVD, permite-nos retirar algumas conclusões.

Em 2004, tal como em 2002, os leitores de DVD continuam a ter uma maior penetração nas classes Alta/Média Alta e Média do que nas classes Média Baixa e Baixa.

No entanto, o peso das classes mais altas tem vindo a diminuir, levando a uma maior transversalidade ao nível da classe social.

O gráfico abaixo ilustra o que acabamos de dizer.

placeholder

Embora a penetração do DVD tenha mais do que triplicado em todas as classes sociais, são as classes Média Baixa e Baixa que apresentam um maior aumento de posse neste período.

Em 2002, 14.0% dos lares da classe Alta/Média Alta tinham DVD, em 2003 eram 32.6% e em 2004 são 59.1%. Continuando a ser a classe com maior penetração de DVD, esta é também a classe que tem tido um menor crescimento médio anual - 107.1%.

Na classe Média, a posse de leitor de DVD teve um crescimento ligeiramente superior ao verificado na classe Alta/Média Alta. Em 2002, 7.8% dos lares da classe Média tinham leitor de DVD, em 2003 a posse aumentou para 20.3% e, em 2004, para 43.6%. A classe Média apresenta um crescimento médio anual de 137.5%.

Relativamente aos lares da classe Média Baixa, a posse de DVD aumentou de 3.0% em 2002, para 12.6% em 2003 e 28.7% em 2004, o que representa um crescimento médio anual de 223.9%.

Na Classe Baixa, em 2002 1.0% dos lares tinham leitor DVD, valor que subiu para 4.3% e 11.0% nos anos de 2003 e 2004, respectivamente. A taxa de crescimento nesta classe é de 242.9%.

O gráfico que se segue, apresenta as taxas de crescimento anual da posse de leitor de DVD, por classe social.
A estes níveis de crescimento não será alheia a baixa constante dos preços destes equipamentos.

placeholder

Ao nível de comportamentos e estilos de vida, segundo o Consumidor 2004 da Marktest, 57.8% dos residentes em lares onde existe leitor de DVD, utilizam automóvel nas suas deslocações diárias; 53.5% são compradores de CDs; 22.8% são fumadores; 46.5% são praticantes de religião e 31.2% recorreram a crédito bancário para a aquisição de habitação. Por outro lado, dos residentes em lares com leitor de DVD apenas 3.4% costumam jogar no Totobola e 3.1% têm o hábito de consumir cerveja sem álcool. Isto utilizando, como exemplo, apenas algumas das inúmeras variáveis de caracterização que compõem o estudo.

O Brand-Index é um estudo de Mercado produzido pela Marktest, complementar ao Consumidor, que caracteriza os hábitos de consumo por marcas, em várias classes de produto, ao nível de comportamentos, consumo de produtos/outras marcas, posse e utilização de bens e serviços.
Clique aqui para saber mais sobre o Brand-Index.
Recorrendo ao cruzamento do Consumidor 2004 com o Brand Index 2004, estudo com a mesma metodologia e com objectivos complementares no que diz respeito à caracterização do consumidor Português, podemos também saber quais as marcas consumidas em várias classe de produto, nos lares onde existe leitor de DVD.

Fazendo essa análise verificamos, por exemplo, que o detergente para lavagem de roupa na máquina Skip, é utilizado em 63.3% dos lares onde existe DVD e, que 59.7% desses indivíduos costumam consumir dentífricos Colgate.

Entre as marcas com baixa penetração junto dos residentes em lares possuidores de DVD temos, por exemplo, a espuma/gel de banho Johnson's baby (1.6%) e o desodorizante 8x4 (2.5%).

Notícias da mesma semana

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais