As Migrações em Portugal
Grupo Marktest, 21 setembro 2004

De acordo com os dados dos Censos de 2001 do INE, o movimento populacional continua a fazer-se dos concelhos do interior para os do litoral.

Os dados dos Censos do INE avaliam o concelho de residência na altura do recenseamento (2001) com o o concelho de residência em 1999. Nas áreas litorais, é de salientar a movimentação da população dos concelhos onde se situam as grandes cidades (Lisboa, Porto e Coimbra) em direcção aos concelhos limítrofes (sobretudo em torno dos concelhos de Lisboa e Porto).

Os concelhos de Lisboa e Porto apresentam-se assim como aqueles que têm o Saldo Migratório (diferença entre os imigrantes - população vinda de outro concelho e os emigrantes - população migrante de um concelho para outro) mais baixo do país: -15 318 habitantes e -7 303 habitantes, respectivamente. Os concelhos de Amadora e de Coimbra registam igualmente valores baixos: -2 6424 e -2 567 habitantes, respectivamente. De todos os concelhos do país, Sintra foi o que acolheu mais população, apresentando um saldo positivo, de 4 080 habitantes.

Numa análise deste saldo pela população residente torna-se evidente a deslocalização do interior para o litoral. Os concelhos de Porto e Lisboa são os que apresentam saldo migratório em permilagem da população residente mais negativo, de -27.8‰ e -27.1‰, respectivamente. Depois destes dois concelhos surgem outros seus limítrofes e do interior com saldos negativos elevados: Espinho, com -27.6‰, Almeida, -17.9‰ e Mesão Frio, -17.7‰.

placeholder

No que respeita à Taxa de Emigração, são também os concelhos de Lisboa e Porto os que evidenciam os valores mais elevados, respectivamente 51.82‰ e 51.46‰. Isto significa que saíram cerca de 52 em cada 1000 residentes desses concelhos entre 1999 e 2001.

Os concelhos com maior taxa de imigração foram Sesimbra e Alcochete (21.75‰ e 24.6‰), sendo quarto e décimo quinto em termos de saldo migratório, respectivamente, evidenciando assim uma dinâmica de crescimento. Estes valores significam que entre 1999 e 2001 estes concelhos atraíram cerca de 22 e de 25 em cada 1000 residentes, respectivamente.

placeholder placeholder

Esta análise foi realizada com base nos dados do INE (Censos 2001), considerando a população residente em 2001, segundo as migrações ocorridas em 1999.

Notícias da mesma semana

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais