Cinéfilos portugueses
Grupo Marktest,  15 fevereiro 2005

placeholder Ir regularmente ao cinema é hábito comum a setecentos mil portugueses, segundo os resultados do estudo Consumidor 2004, da Marktest.

No Continente, são 701 mil os portugueses com 15 e mais anos que costumam ir regularmente ao cinema (tomando como período de referência os últimos sete dias). Este número representa 8.4% do universo estudado pelo Consumidor.

Esta taxa é maior nas regiões da Grande Lisboa e do Grande Porto, onde 13.1% e 12.0% dos seus residentes, respectivamente, foi ao cinema nos últimos sete dias. Junto dos homens o valor é também superior, de 10.0%, mas é analisando as idades que se encontram as maiores diferenças - 19.8% dos jovens entre os 15 e os 17 anos tem este hábito, tal como 23.5% dos que têm entre 18 e 24 anos ou 14.7% dos que estão na faixa dos 25 aos 34 anos; a partir daí, o valor decresce fortemente.

As classes sociais alta e média alta são as que vão mais frequentemente ao cinema, 15.8%, tal como os quadros médios e superiores, 19.8%. Os estudantes são o grupo ocupacional mais adepto deste meio - 23.5% deles diz ter ido ao cinema nos últimos sete dias.

Numa análise do perfil sócio-demográfico dos indivíduos que têm este hábito, vemos como 46.4% deles residem nas regiões da Grande Lisboa ou do Grande Porto e 56.5% são homens. Mais de três quartos, 76.4%, têm menos de 35 anos e 32.5% deles pertencem às classes sociais alta e média alta. Mais de metade, 53%, têm ocupações de quadro médio e superior ou de estudante.

placeholder

Esta análise foi realizada com base nos resultados do estudo Consumidor 2004 da Marktest. Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Notícias da mesma semana

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais
Em Agenda ver mais