Devastação do Katrina nas notícias

Grupo Marktest,  8 setembro 2005

A cobertura dos efeitos do Katrina nos Estados Unidos já motivou mais de sete horas de informação regular na televisão, segundo dados do estudo Telenews da MediaMonitor.

No período compreendido entre 26 de Agosto e 6 de Setembro, RTP1, 2:, SIC e TVI dedicaram 7 horas e 28 minutos da sua grelha informativa regular ao furacão que devastou os Estados da Louisiana e do Mississipi. Este valor representou 9.4% do tempo noticiosos total destes canais.

Nesse período, foram veiculadas 215 notícias sobre o Katrina, o que equivaleu a 8.0% do total de notícias emitidas nos quatro canais.

A SIC foi a estação que mais notícias passou sobre este furação, mas foi a TVI que lhe dedicou mais tempo na sua grelha. Este canal também foi o que passou peças de maior duração (2 minutos e 13 segundos).

Na SIC foram emitidas 74 notícias sobre o Katrina (34.4% do total), num total de 2h29m (33.3% do total). Estes números representaram 9.2% do total de notícias que o canal passou neste período e 10.5% da sua duração.

A TVI passou 72 peças sobre o Katrina (33.5% do total), que tiveram 2h39m de duração (35.5% do total), o que equivaleu a 8.6% do total de notícias da estação no período e a 10.9% da sua duração.

A RTP1 emitiu 55 notícias sobre este assunto (25.6% do total), em 1h54m de informação (25.4% do total). Estes números representaram 6.6% do total de notícias passadas no canal e 7.7% da sua duração.

Finalmente, a 2: divulgou 14 notícias sobre este furacão (6.5% do total), que tiveram uma duração de 25 minutos (5.7% do total). Este tema representou 6.1% do total de peças passadas neste período no canal e 6.8% da sua duração.

Esta análise considera apenas os serviços regulares de informação dos canais em análise no período compreendido entre 26 de Agosto e 6 de Setembro de 2005, segundo a seguinte Nota Metodológica. Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais