Com base no PPM, a Arbitron concluiu que 11% dos americanos viram descolagem do Discovery, na TV, fora de casa

Grupo Marktest,  8 setembro 2005

A Arbitron anunciou recentemente que a audiência fora de casa da emissão televisiva em directo do lançamento do vaivém espacial Discovery a 26 de Julho constituiu 11.3% da audiência total do evento.

Os dados da Arbitron referem-se ao teste do PPM que a empresa está a realizar em Houston. Segundo a empresa, a audiência fora de casa na transmissão deste evento constituiu uma parte significativa do total.

A 26 de Julho de 2005, 118,300 indivíduos de 6 e mais anos assistiram fora de casa à transmissão em directo do lançamento do vaivém espacial. Esse valor representa 11.3% da audiência total, que se cifrou em 1,048,900 espectadores para o conjunto das 62 estações e redes de televisão. Para as cinco estações de televisão locais e quatro canais cabo de notícias que cobriram o lançamento do Discovery, o valor da audiência fora de casa representa 25% do total de 474,000 espectadores.

A aterragem do Discovery teve lugar na manhã de 9 de Agosto, numa hora em que muitas pessoas se encontravam ainda em casa. Mas mesmo assim, os 79,100 indivíduos que assistiram a esta emissão fora de casa constituíram 9.2% da audiência total de televisão, que se cifrou em 857,300 indivíduos no período compreendido entre as 7h00m e as 7h45m.

Estes 79,100 indivíduos que viram o evento fora de casa representaram ainda 14% do total de 561,500 que assistiam à aterragem do Discovery.

No período horário em que foi emitida a a aterragem do vaivém espacial, a audiência para o conjunto das 62 estações e redes de televisão cifrou-se nos 857,300 indivíduos, dos quais 109,700 (13%) estavam em outros locais que não as suas casas.

O PPM é um novo tipo de audímetro já testado em Portugal pela Marktest e que apresenta como principal vantagem o facto de poder medir as audiências de televisão e de rádio tanto dentro como fora de casa.

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais

Em Agenda ver mais