Coca-Cola é a marca com maior valor

Grupo Marktest,  26 julho 2005

A Coca-Cola foi considerada a marca global mais valiosa no ranking elaborado pela Interbrand para a BusinessWeek. Com um valor calculado em 56 mil milhões de euros, a marca lidera pelo quinto ano consecutivo esta tabela.

A Microsoft ocupa a segunda posição, também pelo quinto ano consecutivo, com um valor perto dos 50 mil milhões de euros e regista um decréscimo de 2% face ao ano anterior.

Na terceira posição está a IBM, que também mantém o lugar desde há cinco anos. Em 2005, está avaliada em 44 mil milhões de euros, baixando 1% face ao ano anterior.

A GE ocupa a quarta posição, com 39 mil milhões de euros e aumenta 7% face a 2004. Também mantém a sua posição nos últimos cinco anos.

A Intel é a quinta marca mais valiosa, com perto de 30 mil milhões de euros e um aumento de 6% face ao ano anterior. A marca ocupa esta posição desde 2002.

Estas cinco marcas são todas dos Estados Unidos, país que detém 53 marcas no top 100. No seu conjunto, as marcas deste top representam um valor total de 867 mil milhões de euros. Deste total, as marcas provenientes dos EUA detêm uma quota de 67.8%. As marcas europeias concentram 23.2% do valor total e as marcas do Japão e Coreia, 9.1%.

A finlandesa Nokia é a marca europeia melhor colocada neste ranking, na oitava posição, com perto de 22 mil milhões de euros e um crescimento de 10% face ao ano anterior. Mais perto de nós, a Espanha coloca pela primeira vez a sua marca Zara no top 100, em 77º lugar, com um valor total de 3 mil milhões de euros.

A leiloeira online eBay, o banco HSBC, a Samsung, a Apple e a UBS são as marcas que registam maior crescimento face ao ano anterior. Pelo contrário, as maiores descidas foram protagonizadas pela Sony, Morgan Stanley, Volkswagen, Levi's e Hewlett-Packard.

O caso da Samsung é de destacar, pois a marca regista um crescimento de 186% nos últimos cinco anos. Colocada em 20º lugar em 2005, ultrapassou pela primeira vez a Sony, agora no 28º lugar. A marca coreana está avaliada em 12 mil milhões de euros.

O ranking da Interbrand considera os ganhos esperados da marca entre 1 de Julho de 2004 e 30 de Junho de 2005, sendo a escolha das marcas realizada de acordo com dois critérios: primeiro, que a marca seja global e geradora de ganhos consideráveis nos principais mercados globais; segundo, que exista suficiente informação de marketing e financeira disponível publicamente.

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais

Em Agenda ver mais