Seguro de Acidentes de Trabalho

Grupo Marktest,  28 julho 2005

Perto de dois milhões de portugueses possuem seguro de acidentes de trabalho, revelam os dados do estudo Basef Seguros, da Marktest.

De acordo com os resultados da 1ª vaga de 2005 do Basef Seguros, são 1 888 mil os residentes no Continente com 15 e mais anos os que possuem seguro de acidentes de trabalho. Este número equivale a 22.7% do universo em estudo.

A maior penetração deste tipo de seguros é encontrada junto dos homens (29.7% face aos 16.3% das mulheres), dos jovens entre os 25 e os 34 anos (40.2%), dos residentes no Litoral Norte (26.6%) e dos indivíduos das classes sociais alta e média alta (28.7%).

Mas é na análise das profissões que, como seria de esperar, mais diferenças encontramos, pois os valores variam entre os 36.7% junto dos trabalhadores não qualificados e os 50.9% junto dos trabalhadores qualificados.

Em 2005, a posse deste seguro registou uma quebra face a igual período do ano anterior, contrariando uma tendência de subida que se verificava desde 2002.

Esta análise foi realizada com base nos resultados da primeira vaga de 2005 do estudo Basef Seguros da Marktest. Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais

Em Agenda ver mais