Acesso à internet continua a aumentar
Grupo Marktest, 15 novembro 2005

placeholderOs resultados do estudo Netpanel meter da Marktest indicam que o número de portugueses que acede à internet a partir de casa continua a subir.

Em Outubro, 1 356 mil portugueses com 4 e mais anos navegaram em suas casas na internet, o que representou um acréscimo de 0.7% relativamente ao mês anterior e de 6.0% face ao mesmo mês de 2004.

Outubro é agora o mês que mais internautas levou ao ciberespaço este ano, ultrapassando o anterior máximo observado em Setembro.

placeholder

Nesse mês, foram visitadas mais de 1,5 mil milhões de páginas, menos 1.7% do que em Setembro de 2005, mas mais 59.0% do que no mês homólogo do ano anterior. Cada utilizador viu, em média, 1114 páginas, menos 2.3% do que em Setembro mas mais 49.9% do que em Outubro de 2004.

O número de horas de navegação mensal superou as 14,4 milhões, o que representou um acréscimo de 0.3% face ao mês anterior e de 43.1% face ao período homólogo de 2004.

O tempo despendido a este meio situou-se nas 10 horas e 39 minutos por utilizador, menos 3 minutos do que no mês anterior, mas mais 35.1% do que o observado no mesmo mês de 2004.

O sapo.pt mantém-se como o domínio com mais utilizadores únicos, visitado por 1 001 mil indivíduos. O google.pt mantém-se na segunda posição, com 965 mil utilizadores únicos. Em terceiro, mantém-se o msn.com, com 934 mil utilizadores únicos.

Em utilizadores únicos, a maior subida face a Setembro ocorreu no msn.com.br, que aumentou 27.2%, para os 271 mil (15ª posição). Pelo contrário, o jamba.pt protagonizou a maior quebra, de 17.4%, para os 265 mil (17ª posição).

Quanto a páginas visitadas, a liderança mantém-se do hi5.com, com 133,3 milhões de páginas visitadas, à frente do msn.com, com 106 milhões. O google.pt ocupa a terceira posição, com 98 milhões de páginas visitadas e o sapo.pt, a quarta, com menos de 87 milhões.

Face ao mês anterior, a maior subida em páginas visitadas foi registada no google.com, que aumentou 32.8%, para os 23 milhões de páginas (8ª posição). No record.pt observou-se, pelo contrário, a maior descida mensal, com uma quebra de 25.3% para os 7,6 milhões de páginas (17ª posição).

placeholder

A análise tem como base informação do Netpanel meter da Marktest, um estudo que analisa o comportamento dos internautas portugueses a partir de um painel de utilização doméstica. Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais