A internet em Janeiro de 2005

Grupo Marktest,  22 fevereiro 2005

Durante o primeiro mês do ano, foram 1 267 000 os portugueses com 4 e mais anos que, em suas casas, navegaram na internet, segundo os dados do estudo Netpanel meter da Marktest.

Em Janeiro, 77.7% dos internautas portugueses acederam à internet em casa. Este número representa um acréscimo de 1.5% relativamente ao mês anterior, mas um decréscimo de 1.5% relativamente ao mesmo mês do ano transacto.

Em Janeiro de 2005, o número de internautas que diariamente acederam à internet situou-se nos 486 mil, mais 4.3% do que em Dezembro e mais 5.7% do que em Janeiro de 2004. Nesse período, foram visitadas mais de mil milhões de páginas, revelando um crescimento de 7.5% face ao mês anterior e de 12.9% relativamente ao mês homólogo de 2004.

O tempo total de navegação superou as 11 milhões de horas, mais 5.6% do que em dezembro e mais 4.1% do que em Janeiro de 2004. A média diária de navegação esteve perto das 358 mil horas, uma média de 8 horas e 45 minutos por utilizador, valor que representa um crescimento de 4.0% face ao mês anterior e de 5.6% face ao mês homólogo de 2004.

Na análise por domínios, não há diferenças substanciais relativamente aos períodos anteriores. O sapo.pt lidera em número de utilizadores únicos, com 908 mil (sensivelmente o mesmo número que havia obtido em Janeiro de 2004).

O segundo lugar pertence ao msn.com, que regista 819 mil utilizadores únicos, mais 12.5% do que no mesmo período do ano anterior.

Em terceiro, o google.pt, com 808 mil, constituindo o domínio na lista dos cinco mais visitados que mais cresce face a Janeiro do ano anterior, com mais 21.1%.

O quarto lugar é ocupado pelo passport.com, com 675 mil utilizadores únicos, mais 8.3% do que no mês homólogo anterior.

A quinta posição é do microsoft.com, que regista 530 mil utilizadores únicos. Apesar de evidenciar um pequeno decréscimo de 1.1%, sobe um lugar face a Janeiro de 2004, quando era ultrapassado pelo clix.pt, que em 2005 surge na sexta posição, com 518 mil utilizadores únicos (menos 8.5% do que então).

A análise tem como base informação do Netpanel meter da Marktest, um estudo que analisa o comportamento dos internautas portugueses a partir de um painel de utilização doméstica. Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Notícias da mesma semana

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais

Em Agenda ver mais