Apanhados em flagrante...

MediaMonitor,  16 fevereiro 2006
Nuno Graciano e Nuno Eiró apresentam à segunda-feira, a seguir ao Jornal da Noite da SIC, o programa de apanhados Flagrante Delírio. Cada programa coloca uma figura VIP perante uma situação insólita que tem que resolver, em que o publico anónimo é convidado a ajudar a figura VIP a desempenhar a tarefa.

Desde o início do ano que foram transmitido sete programas de onde se destacam as emissões de 2 e 16 Janeiro. Ambos os programas registaram 11.4% de audiência média e um share de cerca de 26%.

A primeira emissão do ano obteve o melhor tempo por espectador com um consumo de cerca de minutos, isto é, cada espectador viu em média cerca de 17 minutos do evento que corresponde a 45% da duração total do evento. A emissão de 16 de Janeiro, que registou a melhor a melhor audiência média, obteve o pior tempo por espectador cerca de 13 minutos e a maior fidelidade com 51%.

No perfil de audiência, este programa registou a melhor adesão junto da população residente no Interior do País. Por classe social, as classes, mais baixas, C2 e D foram responsáveis por cerca de 70% da audiência do evento. Por Género, o programa registou melhor adesão junto da população Feminina. Por faixa etária, o Flagrante Delírio recolhe a preferência por parte dos indivíduos com mais de 64 anos.

Análise realizada pela MediaMonitor com base em informação da Markdata Media Workstation (MMW).

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais

Em Agenda ver mais