Telenovelas captam mais de um quinto do consumo de Tv

De Janeiro a Abril de 2007, as telenovelas foram o tipo de programa mais consumido pelos espectadores portugueses, revelam dados da Marktest Audimetria/MediaMonitor. Em cada cinco minutos vistos, mais de um foi relativo a estes programas.

Grupo Marktest,  31 maio 2007

Uma análise dos dados relativos à audiência da RTP1, RTP2, SIC e TVI, observada nos quatro primeiros meses de 2007, mostra como as telenovelas foram o tipo de programas mais vistos pelos residentes no Continente com 4 e mais anos. Esta tipologia constitui, sozinha, mais de um quinto (22.1%) do consumo total de televisão neste período.

Se às novelas juntarmos os noticiários e os écrãs publicitários, temos mais de metade da audiência observada neste período (52.0% do consumo total de televisão do quadrimestre).

Nestes quatro meses, a emissão dos quatro canais RTP1, RTP2, SIC e TVI foi de, aproximadamente, 2880 horas, em média por canal. A maior oferta televisiva foi também para novelas, que constituíram 10.7% da emissão total destes canais. Na segunda posição, encontramos os ecrãs publicitários, que representaram 9.5% das grelhas e em terceiro lugar, os talk-shows, com 8.1% do total.

Cerca de metade da oferta (49.4%) concentrou-se em seis tipos de programas. Para além dos três citados, os filmes (7.7% do total), os noticiários (7.3%) e as séries (6.2%) completam a lista dos programas mais oferecidos por estes canais no quadrimestre.

Os noticiários foram, no entanto, os que registaram uma relação mais positiva entre a sua oferta e a sua procura, já que esta superou aquela em termos relativos. Estes programas representaram, nos primeiros quatro meses do ano, 7.3% da emissão oferecida pelos canais e obtiveram 18.2% da sua audiência; registaram assim um índice de audiência duas vezes e meia superior à oferta.

Os programas de humor, as transmissões desportivas, os concursos, os reality-shows e as telenovelas também observaram níveis de audiências mais de duas vezes superiores à oferta em grelha.

Esta análise foi realizada com base em dados da Marktest Audimetria e da MediaMonitor, através do e-telereport.com e da Markdata Media Workstation (MMW). Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais