Prédios mais caros em Lagos

Os dados do INE, disponíveis no sistema de informação Sales Index da Marktest, mostram que foi no concelho de Lagos que se transaccionaram prédios mais caros.

Grupo Marktest,  20 maio 2008

Segundo as estatísticas do INE relativas às transacções de prédios, em 2005, o concelho de Lagos concentrou 0.8% do total destas transacções; mas, em termos de valor associado, neste concelho concentrou-se 2.2% do total. Neste concelho o valor médio das transacções é assim cerca de 2,8 vezes superior à média do país.

No total, foram transaccionados nesse ano 300 mil prédios em Portugal, por um valor superior a 28 mil milhões de euros, o que equivale a um valor médio superior a 93 mil euros por transacção.

Lisboa encabeça a lista dos concelhos onde mais transacções foram efectuadas e onde estas tiveram um maior valor. Foram 17 186 os prédios aqui transaccionados, num valor total superior a 3,8 mil milhões de euros, cerca de 222 mil euros por transacção.

Da lista dos cinco concelhos com maior número de transacções de prédios fazem ainda parte Sintra (9162), Vila Nova de Gaia (7653), Porto (6588) e Cascais (5954). No conjunto, estes cinco concelhos concentraram 15.5% do total transaccionado nesse ano.

Para além de Lisboa, estas transacções tiveram maior valor nos concelhos de Cascais (1 054 milhões de euros), Sintra (957 milhões de euros), Oeiras (933 milhões de euros) e Loulé (804 milhões de euros). No total, estes 5 concelhos foram responsáveis por 27.0% do valor transaccionado neste mercado.

Uma análise do valor médio por transacção revela, no entanto, um ranking diferente. Ele é encabeçado pelo concelho de Lagos, com um valor médio de 258 mil euros por prédio (cerca de 2,8 vezes o valor médio do país). Fazem ainda parte deste ranking os concelhos de Lisboa (222 mil euros), Loulé (215 mil euros), Oeiras (195 mil euros) e Barrancos (187 mil euros).

No mapa seguinte representam-se a escuro os concelhos onde o preço médio por transacção é superior à média do país. Para além dos concelhos limítrofes de Lisboa e Porto, são de destacar os concelhos do Algarve, tal como alguns concelhos da costa alentejana (Alcácer do Sal e Grândola), Évora, Redondo, Borba e Portel, no sul, e Coimbra, Aveiro, Espinho e Penalva do Castelo, no norte, que também registam valores superiores à média. Também no Alentejo, os concelhos de Portalegre, Castelo de Vide e Barrancos apresentam igualmente valores acima da média. A análise do mapa mostra ainda uma "área de influência" de Lisboa que se estende até Santarém e Óbidos, a norte do Tejo, e Grândola e Alcácer do Sal, a sul do Tejo, onde também se transaccionam prédios mais caros do que na média do país.

Esta análise foi realizada com base em informação constante no sistema Sales Index da Marktest. Contacte-nos para mais informação sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais

Em Agenda ver mais

  • Latin America 2020

    22 a 24 de abril de 2020

    ESOMAR

    Lima, Perú

    events@esomar.org

  • ONSeries Lisboa

    Nesta mostra de conteúdos televisivos de ficção nacional, estarão presentes potenciais compradores de todo o mundo.

    28 e 29 de abril de 2020

    Inside Content

    Centro Cultural de Belém, Lisboa