Lisboa lidera investimento camarário em cultura

De acordo com os dados do INE disponíveis no sistema de informação Sales Index da Marktest, a Câmara Municipal de Lisboa foi aquela que mais gastou em actividades culturais no ano de 2005.

Grupo Marktest,  2 setembro 2008

Em 2005, de acordo com os dados do INE, disponíveis no sistema de informaçãoSales Index da Marktest, os gastos camarários em actividades culturais ultrapassaram os 900 milhões de euros.

Lisboa é o concelho que lidera em despesas camarárias em actividades culturais, tendo-se mais de metade dos gastos (51.1%) destinado a Jogos e Desportos. Neste concelho observou-se uma despesa de cerca de 45 milhões de euros em actividades culturais, um valor que representa 4.9% do total registado no conjunto dos concelhos portugueses.

As despesas em jogos e desportos são as mais significativas na estrutura de gastos das Câmaras Municipais em actividades culturais, pois representam 42% do valor global. 12% da despesa total destinou-se a recintos culturais, cabendo 9% às actividades socio-culturais e 9% património. Os restantes 15% destinaram-se à literatura, música e artes cénicas, cabendo ainda 13% a outras actividades.

No que respeita a gastos municipais per capita, observa-se que o valor nacional não vai além de 87 euros por habitante. No entanto, 55% dos concelhos do país gastaram acima deste valor médio. É de destacar o concelho de Castro Marim, com um gasto per capita de 821 euros e o de Barrancos com 663 euros per capita. Também se destacam os concelhos do Redondo, Aguiar da Beira, Viana do Alentejo, Vila Velha de Ródão e Alcoutim, todos com gastos per capita acima de 500 euros.

Os dados disponíveis no Sales Index permitem ainda conhecer algumas curiosidades como:

  • Sintra lidera em despesas em património e museus, com valores que correspondem a 5.9% e 8.8% do total destas despesas;
  • Porto lidera em despesas com actividade socio-culturais com 3.9% do total e bibliotecas, com 3.5% do total;
  • Matosinhos lidera em despesas com Música, com 2.5% do total;
  • Santa Maria da Feira lidera em despesas com arte cénicas, com 8.5% do total;
  • Amadora, lidera em despesas com recintos culturais, com 6% do total;
  • Braga lidera em despesas com jogos e desportos, com 7.9% do total;

Esta análise foi realizada com base em informação constante no sistema de informação Sales Index da Marktest. Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais

Em Agenda ver mais