Pingo Doce lidera recordação publicitária mas Continente está mais perto

Pingo Doce lidera recordação publicitária mas Continente está mais perto

placeholder

Os dados do estudo Publivaga da Marktest mostram que a marca Pingo Doce está na liderança da recordação genérica de publicidade desde Janeiro, mas a marca Continente está agora muito próxima.

Grupo Marktest
3 maio 2011

Em Março, a marca Pingo Doce foi a que mais lisboetas e portuenses recordaram ter visto publicitada, segundo os dados do estudo Publivaga da Marktest.

À pergunta "Que anúncios recorda ter visto publicitados, recentemente?", base para a criação do indicador "recordação de publicidade genérica" do estudo Publivaga da Marktest, as maiores referências entre os residentes nas regiões da Grande Lisboa e do Grande Porto com idades compreendidas entre os 8 e os 64 anos foram, em Março, para o Pingo Doce, que regressou em Janeiro à liderança e se mantém desde então na mesma posição.

A marca Continente mantém a segunda posição das mais referidas por estes indivíduos, mas está mais perto do Pingo Doce, depois de ter duplicado os valores do mês anterior.

A marca Meo, que havia liderado em Dezembro, desceu em Janeiro para a terceira posição e aí se mantém desde então.

A marca TMN/Telemóveis TMN subiu em Janeiro duas posições para quarto, mantendo esse lugar desde aí.

O Millennium bcp, que em Fevereiro entrou para o Top 10, em sexto, subiu um lugar este mês e fecha assim a lista das cinco marcas cuja publicidade é mais recordada pelos residentes na Grande Lisboa e no Grande Porto.

Esta análise tem como base o Publivaga, um estudo regular da Marktest que permite conhecer a recordação e a memorização da publicidade das marcas, sendo um instrumento de referência na medição da eficiência das campanhas publicitárias. A informação apresentada nesta análise tem por base o universo constituído pelos indivíduos com idades compreendidas entre os 8 e os 64 anos residentes nas regiões da Grande Lisboa e do Grande Porto. Consulte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais