Portugueses fiéis ao operador móvel

Portugueses fiéis ao operador móvel

placeholder

Segundo os dados do Barómetro de Telecomunicações da Marktest, a maioria dos portugueses mantém-se fiel ao operador de rede móvel. Apenas um quinto revelou já ter mudado. Saiba por que razões.

Grupo Marktest
2 janeiro 2013

O estudo Barómetro de Telecomunicações da Marktest contabiliza, no trimestre móvel de Dezembro de 2012, 1785 mil residentes em Portugal com 10 e mais anos que afirmam já ter mudado de operador de rede móvel, um valor que corresponde a 20.7% dos possuidores de telemóvel nesta faixa etária.

Este número significa que apenas cerca de um quinto dos possuidores de telemóvel não são fiéis ao operador.

Os homens, os indivíduos mais jovens, os residentes nas regiões da Grande Lisboa e do Grande Porto, assim como os que pertencem às classes mais elevadas são os que registam maior taxa de mudança de operador, superando os valores médios.

Embora a grande maioria dos portugueses, 79%, diga nunca ter mudado de operador, os que o fazem são motivados pela comunidade de contactos (o facto de familiares ou amigos estarem ligados à nova rede), razão apontada por 34.6% deles.

O preço motiva 29.1% dos que mudam de operador. Estas são as duas principais razões apontadas, embora outras razões, como a maior área de cobertura ou a má assistência ou serviço deficiente, sejam também referidas.

A análise teve como base indicadores do estudo Barómetro de Telecomunicações da Marktest para o universo composto pelos residentes em Portugal com 10 ou mais anos. Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais

Em Agenda ver mais