Izidoro aproxima-se de Nobre nas comunicações em folheto
Izidoro aproxima-se de Nobre nas comunicações em folheto
placeholder
Os dados do serviço Foliotrack da Marktest revelam que as marcas de charcutaria têm investido cada vez mais em folhetos promocionais.
Grupo Marktest
6 maio 2014

Cada vez mais as marcas acreditam na comunicação por folheto e os números de inserções em 2014 refletem isso mesmo. A Marktest Retail analisa o primeiro trimestre da comunicação em folhetos de produtos de charcutaria, com especial destaque na categoria de fiambres.

O setor de charcutaria tem merecido a atenção de todos, com o número de inserções em folhetos a quase duplicar os valores do ano anterior (1267 inserções em 2013 e 2440 em 2014). Em algumas categorias este número triplicou, o que denota uma clara aposta neste meio de comunicação.

As marcas próprias são as que têm maior expressão,representando um terço do universo de produtos em folheto para este setor, contudo, marcas como a Izidoro, Campofrio e Damatta mostram que estão atentas e procuram uma maior visibilidade dos seus produtos, com aumentos de inserções face a 2013. No entanto, Nobre é a marca de fabricante com maior número de inserções para o total do setor de Charcutaria.

Ao analisarmos as categorias que constituem o setor de charcutaria, é evidente o crescimento de Fiambres, que passa a deter mais de um quarto do share of voice.

No entanto, é de salientar que todas as categorias de charcutaria apresentam um aumento do número absoluto de inserções em folhetos face a igual período de 2013, à exceção de Torresmos. Este aumento não se reflecte no share of voice, uma vez que o aumento do número de inserções em fiambres foi significativo.

Analisando em detalhe o crescimento de share of voice da categoria de fiambres, constatamos que o maior responsável é Fiambre de Porco com um aumento de quase 2,5 pontos percentuais, em detrimento do Fiambre de Frango. Os Fiambres tiveram assim um crescimento de 382 inserções, das quais 61% dizem respeito ao Fiambre de Porco.

Quando analisamos a categoria de fiambres por marca, constatamos que à semelhança de todo o setor, é a Marca Própria que apresenta um maior share of voice. Ao nível das marcas de fabricante, Nobre continua a ser a marca com maior número de inserções, no entanto apresenta uma descida significativa do seu share em 2014 (-7,1 pontos percentuais). Também a marca Campofrio, pertencente ao mesmo fabricante, regista uma descida do seu share of voice.

Por sua vez, marcas como Izidoro, Primor e Porminho apresentam um aumento de share of voice. Izidoro consegue no primeiro trimestre de 2014, reduzir o gap face à marca líder - Nobre - para -0,6 pontos percentuais, enquanto para igual período em 2013, a diferença de share era de -11,3 pontos percentuais.

Relativamente às promoções de charcutaria, podemos verificar que existem alterações significativas em 2014 face ao ano anterior.

O Desconto em € é atualmente a promoção mais frequente nesta categoria, subindo 22 pontos percentuais.

Acompanhando a tendência do Desconto em €, também o Desconto de 50% regista um aumento do número de produtos com estas promoções face a 2013, estando assim no segundo lugar dos descontos com mais peso.

Já os Descontos de % em Cartão tiveram um decréscimo de 11,6 pontos percentuais, comparativamente ao ano precedente.

Também na categoria de fiambres, a promoção com maior destaque, no primeiro trimestre de 2014, é o Desconto em €, seguido de desconto 50% directo. Deste modo, regista-se uma diminuição de share na promoção 50% em cartão, que se destacava no ano anterior.

Quando analisamos a dinâmica promocional por marcas, verificamos que considerando apenas a promoção em destaque - Desconto em € - são as marcas Nobre (35,9%) e Campofrio (16,6%) quem mais utiliza esta promoção. Este tipo de promoção está associado às campanhas realizadas nos folhetos da Sonae, através do Super Preço.

Já no Desconto 50% , é a Izidoro a detentora de maior utilização com um share de 50,9% , seguida de Porminho com aproximadamente 26%. A promoção de 50% surge com maior número de inserções nos folhetos da insígnia Pingo Doce.

O focus das promoções está claramente no preço final ao consumidor e é transversal a todas as marcas, incluíndo Marcas Próprias, como é o caso do Pingo Doce que não realizou nenhuma promoção na sua marca em fiambres durante o primeiro trimestre de 2013, enquanto que este ano já apresentou 49 inserções com promoção com impacto directo no preço.

Resumindo, a aposta por parte das marcas na comunicação em folhetos é transversal a vários setores, sendo que na maioria dos casos estão associadas a grandes promoções, refletindo-se a nível da procura por parte dos consumidores. O setor da Charcutaria não é exceção, dando especial destaque à categoria de Fiambres. Neste segmento, são as marcas Nobre, Izidoro e Campofrio as mais ativas a par das marcas de distribuição.

Esta noticia foi também publicada na edição de Março/Abril da revista Grande Consumo

Nota Metodológica
e-Foliotrack
O e-Foliotrack reúne numa plataforma on-line os folhetos dos principais retalhistas em Portugal em diversas áreas, desde o dia 1 de Janeiro de 2009. Os folhetos são um dos principais canais de comunicação entre os retalhistas e o consumidor final, sendo por isso alvo de grande investimento dentro deste setor de actividade. Normalmente, os produtos em folheto representam elevados incrementos nas vendas, pois trata-se de packs promocionais, produtos inovadores ou acções em preço directo, cartão ou talão. Os resultados do e-Foliotrack são fornecidos em suporte digital, através do site http://e-foliotrack.marktest.pt.

Mais detalhes:

Precise
e-Foliotrack

Consulte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais
Em Agenda ver mais