WARC estima que o mercado publicitário necessite de 2 anos para recuperar perdas de 2020

WARC estima que o mercado publicitário necessite de 2 anos para recuperar perdas de 2020

placeholder

A World Advertising Research Center (WARC) estima que o mercado publicitário global tenha perdido 63 mil milhões de USD em 2020 e que demore dois anos para recuperar.

Grupo Marktest
5 janeiro 2021

A World Advertising Research Center (WARC) estima que o mercado publicitário a nível global valha 552 mil milhões de dólares em 2020, uma quebra de 10.2% face ao observado no ano anterior e de 11% se excluída a campanha eleitoral americana.

A quebra estimada para 2020 corresponde a 63 mil milhões de dólares, muito superior ao observado na anterior crise de 2009. Os meios tradicionais registaram os valores mais baixos de sempre e o online não cresceu, pela primeira vez desde o crash das Dotcom.

A consultora estima que, em 2021, o mercado cresça 6.7%, o que equivaleria a recuperar 59% das perdas de 2020, e que o crescimento de 2022 teria de ser de 4.4% para atingir o valor observado em 2019.

Por meios, o vídeo online foi o único formato que cresceu mais do que o inicialmente estimado, favorecido pelas medidas de confinamento domiciliário impostas em quase todo o mundo para conter a propagação do SARS Cov2. O formato irá crescer 12.8% em 2021, depois de uma subida de 7.9% em 2020.

Por regiões, os EUA mantêm-se como maior mercado publicitário, representando 35.2% do total em 2019, com uma estimativa de quebra de 4.1% em 2020 e um aumento de 3.8% para 2021. A China surge na segunda posição, com um share de 14.4% do mercado, com uma quebra de 4.7% em 2020 e um crescimento de 7.7% para 2021. Na terceira posição está o Japão, que concentra 7% do mercado publicitário.

Estes três países apenas foram responsáveis por 56.6% dos montantes globais em 2019.

Portugal ocupa a 18ª posição, com as estimativas a apontar para uma quebra de 14.4% em 2020 e uma recuperação de 6.7% em 2021.

Entre os 97 mercados analisados pela WARC, apenas 3 registam incrementos em 2020: Egipto (+5%), Uruguai (+2.5%) e Taiwan (+2.4%).

Para 2021, as estimativas da WARC apontam para um crescimento na generalidade dos mercados, com a exceção de 12, que, em 2019, concentravam 3.4% dos montantes globais e que verão o mercado ainda a encolher no próximo ano.

Estes dados constam da publicação Global Ad Trends - State of the Industry 2020/21 da WARC Data e são relativos a 97 mercados. Contacte-nos se deseja mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais

Em Agenda ver mais