Tipologia de Indivíduos

Uma das análises disponíveis para aquisição na Marktest.com é a Tipologia de Indivíduos criada para o concelho de Lisboa pela Marktest.

Este estudo permite observar quais os tipos principais de indivíduos residentes nesse concelho, quais as suas características sócio-demográficas e que estilos de vida têm.

A Marktest criou uma tipologia composta por seis grupos de indivíduos, cujo peso no total do concelho é a seguinte:

Uma das análises disponíveis diz repeito aos seus hábitos culturais e de media. Com base na informação disponível, é possível afirmar que os diferentes tipos de indivíduos têm comportamentos diferenciados em relação a estas questões.

Veja-se o exemplo que apresentamos e que representa o número de indivíduos (em percentagem) de cada um dos tipos encontrados que frequenta regularmente o cinema e que lê regularmente jornais e revistas.

Destaca-se claramente a Elite Urbana com consumos culturais (cinema) e de media (jornais e revistas) bastante acima dos restantes e da média do concelho, sobretudo no que diz respeito a ir regularmente ao cinema. A afinidade destes indivíduos com o cinema é bastante grande, quase nove vezes superior à média do concelho. Também os seus hábitos de leitura de imprensa se encontra acima deste valor médio.

Os Jovens Urbanos e os Activos Prósperos têm comportamentos semelhantes entre si em relação a estas duas variáveis, apresentando igualmente consumos superiores à média do universo, sobretudo no que diz respeito ao cinema.

Os Idosos Integrados e os Remediados têm comportamentos igualmente próximos, mas nesta matéria os mais idosos apresentam consumos culturais e de media mais elevados. Os Remediados apresentam um valor de leitura de jornais e revistas próximo da média, enquanto os Idosos Integrados têm valores um pouco superiores. Já na ida regular ao cinema, ambos os tipos obtêm índices bastante abaixo da média do universo, embora o seu valor seja superior nos Idosos Integrados.

Finalmente, os Idosos Deprimidos constituem o grupo com valores mais baixos em ambos os indicadores, especialmente negativo no caso do cinema, onde a taxa é inferior a 1%.



Arquivo de notícias

Clipping

ver mais

Em Agenda ver mais