Imagem dos Políticos em Maio

Grupo Marktest,  24 junho 2004

Em Maio, apenas Jorge Sampaio, Mota Amaral e Francisco Louçã mantêm saldo de imagem positivo, com os restantes líderes de partidos com assento parlamentar a ver a sua actuação chumbada pelos portugueses. São dados do Barómetro Marktest/DN/TSF de Maio.

O Presidente da República, Jorge Sampaio, mantém um saldo de imagem1 muito positivo, nos 80.9% em Maio, mais 1.2 pontos que em Abril. Mota Amaral, Presidente da Assembleia da República, assiste igualmente a uma aprovação da sua actuação por parte da opinião pública, mantendo um saldo de imagem positivo, nos 53.4% em Maio, mais 8.8 pontos percentuais do que no mês anterior. Estas duas personalidades foram, aliás, as únicas que viram em Maio este indicador ser-lhe mais favorável do que no mês precedente.

Todos os líderes partidários pioraram a sua imagem de Abril para Maio, sobretudo Ferro Rodrigues, que perde 8.8 pontos percentuais no seu saldo de imagem. O líder do PS continua a ser o líder político com saldo de imagem mais negativo, nos -45.3% em Maio.

Francisco Louçã é ainda o único líder partidário com imagem positiva, nos 8.3% em Maio, tendo protagonizado, no entanto, a segunda maior descida face a Abril, ao perder 7.3 pontos percentuais de saldo de imagem.

Durão Barroso é o segundo líder com pior saldo de imagem em Maio, nos -35.0%, menos 1.9 pontos percentuais do que em Abril.

Carlos Carvalhas está agora no meio da “tabela” no que diz respeito à classificação da actuação dos líderes partidários - excluindo Jorge Sampaio e Mota Amaral, Carvalhas é o terceiro com melhor imagem, mas também o terceiro com pior imagem. Em Maio, Carvalhas regista -32.4% de saldo de imagem, perdendo 1.9 pontos percentuais face ao mês anterior.

Finalmente, Paulo Portas vê igualmente chumbada a sua actuação, mas regista um saldo um pouco mais favorável que Carvalhas: em Maio, situa-se nos -31.7%, menos 1.7 pontos percentuais do que em Abril.

 
 
 
 
 
 

Consulte aqui a Ficha Metodológica do Barómetro Marktest/DN/TSF.

1Saldo de imagem: diferença entre as respostas que classificam positivamente a actuação do líder e as respostas que a classificam negativamente. A exposição refere-se à duração (em hh:mm:ss) das notícias televisivas em que o líder foi protagonista.

Notícias da mesma semana

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais