Publicidade na Tv no 1º semestre

Grupo Marktest,  20 julho 2004

No primeiro semestre de 2004 o investimento publicitário em televisão cifrou-se nos 837,6 milhões de euros, a preços de tabela, segundo dados da MediaMonitor.

Durante o primeiro semestre as televisões nacionais aerial emitiram um total de 384,575 spots, com uma duração superior a 13,6 milhões de segundos (média diária de 1247 minutos para o conjunto dos 4 canais). Esta publicidade gerou um volume de investimento superior a 837,6 milhões de euros, a preços de tabela.

Deste montante, 43.1% foi dirigido à TVI, 36.7% à SIC, 20.1% à RTP1 e 0.1% à 2:. Se analisado o peso de cada canal face ao número de inserções passadas no período, vemos como a TVI e a SIC obtêm valores mais próximos, 36.3% e 34.8%, respectivamente, cabendo à RTP1 21.2% do total e à 2: 7.8%. Quanto à duração da publicidade, a TVI passou 28.1% do total, a SIC 27.4%, a RTP1 25.5% e a 2: 18.9%.

Face a igual período do ano anterior, no primeiro semestre de 2004 as inserções publicitárias aumentaram 7.5%, a duração total diminuiu ligeiramente 1.1% e o investimento a preços de tabela aumentou 13.9%.

A evolução mensal do investimento regista uma curva ascendente até Maio, mês em que o valor máximo do período é atingido, com mais de 167 milhões de euros. Em Junho o investimento baixa para os 149 milhões de euros, o que está dentro do perfil registado nos anos anteriores (quebra do investimento publicitário nos meses de Verão, para voltar a recuperar em Setembro e atingir o valor máximo do ano em Novembro).

A maioria dos spots emitidos teve uma duração de 30 segundos. Estes spots representaram 20.3% das inserções e 28% do investimento, tendo totalizado 78047. Os filmes de 20 segundos foram responsáveis por uma quota de 24.8% do investimento total e 18.5% das inserções, ao totalizarem 74907.

Neste período a Reckitt Benckiser foi o maior anunciante, tendo investido mais de 31 milhões de euros, a preços de tabela. A L'Oreal foi o segundo maior anunciante, com 27 milhões de euros e a Procter & Gamble o terceiro maior anunciante, com 26 milhões de euros. Estes três anunciantes foram responsáveis por um total superior a 84 milhões de euros, precisamente 10% do investiemnto total do período.

A Vodafone foi a marca que mais investiu em televisão, num total de 25,9 milhões de euros, seguida da Danone, com 25,2 milhões de euros e da TMN, com 17,5 milhões de euros. No conjunto, estas três marcas representaram 8.2% do investimento total do período.

A análise foi realizada com o software Videotrack da MediaMonitor. Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais