Recordação de publicidade: Euro bate recordes
Grupo Marktest, 22 julho 2004

placeholder Segundo o estudo Publivaga da Marktest, a recordação genérica da publicidade do Euro 2004 bateu todos os recordes dos últimos anos.

À questão "que anúncios recorda ter visto publicitados, recentemente?", a marca Euro 2004/Euro foi referida por 10.1% dos inquiridos neste estudo no período compreendido entre 1 de Janeiro e 9 de Julho de 2004. Analisadas as referências dadas no período em que decorreu entre nós o Campeontao (de 12 de Junho a 9 de Julho), a recordação genérica de publicidade do Euro 2004/Euro sobe para os 19.4%.

O valor máximo de recordação genérica de publicidade do Euro 2004/Euro foi observado precisamente na primeira semana do Campeonato. De 12 a 18 de Junho, 23.5% dos inquiridos neste estudo referiram recordar-se desta publicidade. Este máximo nunca antes tinha sido atingido. No gráfico pode observar-se o índice de recordação genérica de publicidade do Euro, tendo-se assinalado a uma cor mais escura as semanas em que decorreu o Campeonato.

placeholder

O valor mais próximo já registado foi observado em 2000, na primeira semana do ano (de 3 a 7 de Janeiro), quando as referências à Oni alcançaram 21.9%. A empresa estava então em plena fase de lançamento, com fortes campanhas publicitárias no ar. Nesse ano, o segundo valor mais elevado, excluindo a Oni, foi conseguido pela Coca-Cola, com 11.9% na semana que decorreu entre 24 e 30 de Junho. O ano 2000 foi também o ano do anterior Europeu de Futebol, tendo aparecido então referido por 2.2% dos entrevistados na semana de 10 a 16 de Junho, a semana em que teve início este Campeonato.

placeholder

No período compreendido entre 1998 e 2003, os outros máximos foram disputados pela Coca-Cola e pela Vodafone (a partir do momento em que esta surge com este nome). No ano transacto, em 2003, a Vodafone obteve 9.1% de recordação genérica de publicidade na semana de 6 a 12 de Dezembro, constituindo este o valor mais elevado do ano. Em segundo lugar posicionou-se a Coca-Cola, com 8.0% na semana de 2 a 10 de Janeiro. No acumulado do ano 2003, houve já algumas referências ao Euro 2004/Euro, embora ainda muito tímidas (0.3%).

Em 2002, o valor máximo semanal foi registado pela Coca-Cola, que obteve 9.6% de recordação genérica de publicidade na semana de 8 a 14 de Junho. Excluindo a Coca-Cola, a segunda marca mais referida foi a Vodafone, que obteve 8.2% de referências na semana de 12 a 18 de Janeiro. Em 2002 surgiram também referências ao Mundial/Mundial 2002, tendo-se registado o valor mais elevado, 1.7%, na semana de 8 a 14 de Junho, que coincidiu com o período de realização deste Campeonato.

Em 2001, o máximo semanal pertenceu à Vodafone, que na semana de 10 a 16 de Novembro foi referida por 13.1% dos inquiridos neste estudo. Excluindo esta marca, o segundo valor mais elevado foi registado pela Coca-Cola (8.1%) na semana de 19 a 25 de Maio.

A Coca-Cola foi novamente a marca mais referida de forma espontânea em 1999, atingindo um máximo de 13.1% de referências na semana de 7 a 13 de Agosto, a que se seguiu a Oni, com 10.9% de recordação publicitária na semana de 11 a 17 de Dezembro. Este resultado da Oni teve continuação, como vimos, no ano seguinte.

Finalmente, em 1998 foi novamente a Coca-Cola a marca que obteve o valor máximo do ano, de 16.2% na semana de 20 a 26 de Junho, a que se seguiu a Nike, com 10.4% de referências na semana de 28 de Março a 3 de Abril. A Expo 98/Expo, que se realizou entre nós nesse ano, obteve um valor máximo de 7.9% na semana de 16 a 22 de Maio, precisamente a semana em que a Exposição abriu as suas portas (22 de Maio). Para o acumulado do ano esta marca registou um bom resultado, já que os seus 1.9% de recordação genérica de publicidade a posicionaram em 10º lugar na tabela das marcas mais referidas. Este valor é no entanto bastante inferior ao agora registado pelo Euro 2004/Euro, que obtém valores nunca antes observados no Publivaga.

O Publivaga é um estudo regular da Marktest que permite medir a eficácia das campanhas publicitárias. Analisa o universo constituído pelos indivíduos com idades compreendidas entre os 8 e os 64 anos residentes nas áreas da Grande Lisboa e do Grande Porto. O estudo tem uma amostra semanal de cerca de 1020 entrevistas recolhidas em 6 questionários diferentes. Consulte-nos para mais informações sobre este estudo.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais